Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeiro condomínio industrial da cidade terá potencial para gerar até 12 mil empregos; e logo será publicada licitação para construir nova ponte entre Paiquerê e Guairacá

A Prefeitura de Londrina continua trabalhando em várias frentes para impulsionar o desenvolvimento do município. A Cidade Industrial de Londrina, um dos projetos mais importantes das últimas décadas, viabilizado para estimular e alavancar a economia local, deve ter suas obras iniciadas ainda nesse mês. Com recurso liberado pelo Governo do Paraná, totalizando investimento de R$ 23.942.092,99, e contrato já assinado para execução, os últimos trâmites internos estão sendo finalizados e a ordem de serviço será assinada nas próximas semanas.

Dessa forma, Londrina começará a receber a instalação do seu primeiro condomínio industrial. O  amplo complexo de loteamentos será construído do zero na região norte da cidade, no prolongamento da Avenida Saul Elkind, Gleba Jacutinga, divisa com Cambé.  “A intenção é criar um verdadeiro polo industrial para abrigar indústrias e empresas de diferentes segmentos, com potencial de gerar até 12 mil vagas de emprego diretas e indiretas. Será uma obra grandiosa e muito importante para Londrina”, frisou o secretário municipal de Obras e Pavimentação, João Verçosa.

Vencedora de disputado processo licitatório, que contou com dez empresas concorrendo, a Construtora e Incorporadora Squadro será responsável por executar os serviços e terá prazo de 18 meses para entregar as obras. As empresas que irão se instalar na Cidade Industrial de Londrina terão infraestrutura completa para operar neste local, já que sua implantação abrange serviços preliminares, terraplenagem, drenagem, pavimentação asfáltica, serviços de urbanização, redes de água e esgoto, iluminação pública, ensaios tecnológicos e serviços complementares, entre outros.

“Significa estrutura de ponta para atrair os investidores da forma mais amigável e eficaz, podendo, consequentemente, gerar mais renda, empregos e investimentos em políticas públicas. Isso reflete em melhor qualidade de vida para a população”, destacou Verçosa.

Ao todo, o espaço tem em área aproximada de 47 alqueires e capacidade para 90 lotes, com dois a seis mil metros quadrados cada um, em área aproximada de 47 alqueires. A área total do complexo industrial soma mais de 1,1 milhão de m², 395 mil m² em área a ser construída, mais de 82.500 m² apenas em pavimentação e ainda áreas verdes e fundos de vale, que serão preservados.

Paiquerê/Guairacá

Outra obra importante, que já teve projeto elaborado, concluído e aprovado, e está com trâmites avançados para abertura de licitação nos próximos dias, é a construção de uma nova ponte na passagem sobre a Água do Gramadinho, na estrada que liga o distrito de Paiquerê ao Patrimônio de Guairacá.

Nesse ponto, onde apenas meia pista está liberada para tráfego de veículos, existe uma área de erosão com solo deteriorado desde 2016, quando o município sofreu uma série de chuvas intensas que destruíram diversas pontes em diferentes regiões, principalmente na zona rural. Hoje, o local conta com um caminho sobre tubulações de concreto, insuficiente, inapropriado e sem toda segurança necessária para motoristas e pedestres.

Desde 2017, quando começou a atual gestão municipal, a Prefeitura buscou formas para solucionar os problemas nessa localidade. Preparou todos os projetos necessários, envolvendo levantamentos, estudos e análises, e, paralelamente, buscou obter recursos para essa obra.

Para construir a nova ponte e melhorar a mobilidade nesta estrada, a Prefeitura de Londrina disponibilizará R$ 1.756.984,35  para licitação, valor já aprovado pelo Conselho Municipal de Saneamento e oriundo do Fundo Municipal de Saneamento.

A estrutura será em concreto, com vigas pré-moldadas, e terá 22 metros de comprimento por 16 de largura. A obra irá ocorrer em duas etapas, sendo a primeira a reconstrução da metade da pista que hoje está bloqueada e, depois, partindo para a outra mão da estrada.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios