Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Diversas intervenções estão em andamento, as quais proporcionarão mais qualidade de vida aos moradores e maior desenvolvimento econômico à região

A Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA) divulgou um balanço do andamento de algumas obras que estão acontecendo na zona rural de Londrina. Uma delas é a pavimentação com pedra poliédrica no Patrimônio de Guairacá, que trará desenvolvimento econômico para a comunidade.

A obra compreende 6,38 quilômetros de pavimentação e, atualmente, está com 67,11% do contrato executado. A previsão é que o serviço seja finalizado no final deste ano. O investimento total é de R$ 2.671.201,29 e a construtora responsável pelo serviço é a J. Gabriel.

O secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Jacélio Dionísio Oliveira, disse que se trata de uma obra de grande alcance social e reivindicada pela população da zona rural há muito tempo. “As melhorias vão proporcionar maior desenvolvimento a Guairacá, pois facilitará o escoamento da safra agrícola, o acesso dos moradores aos centros de comércio e o transporte de estudantes às escolas de Paiquerê e de Londrina”, afirmou.

Outra obra que está em curso, na zona rural, é a pavimentação na Estrada do Eli Vive I, também com pedras poliédricas. Ao todo, serão pavimentados 11 quilômetros de estrada, divididos em dois trechos com 6,2 metros de largura cada um. O primeiro possui 10 quilômetros de extensão, indo do assentamento até a entrada do Distrito de Lerroville, e o outro conta com 1 quilômetro, na Estrada do Apucaraninha. Juntos, eles totalizam 68.200 metros quadrados de área pavimentada.

O serviço, que encontra-se na fase inicial, tem 15 meses para ser concluído, contados a partir da assinatura da ordem de serviço, que ocorreu em 28 de agosto deste ano. O investimento é de cerca de R$ 3,2 milhões, que serão pagos à empresa responsável Universo Empreendimentos Eireli, que executa os trabalhos.

A pavimentação vai beneficiar uma das comunidades mais carentes da região rural de Londrina, composta por 501 pequenos produtores, onde vivem quase 4 mil pessoas. O Eli Vive I tem quase 500 crianças e jovens matriculadas no ensino fundamental e médio que, em períodos de aulas presenciais, se deslocam até Lerroville para estudar.

Além da pavimentação, a SMAA também está fazendo um trabalho de manutenção das estradas rurais. Uma das beneficiadas é a Estrada dos Coelhos, que possui 13,9 quilômetros de extensão e está localizada no Distrito de São Luiz/Irerê. O serviço está 61,46% executado e terá um investimento total de R$ 228.521,31, recursos próprios da Prefeitura.  A empresa responsável é a Imai & Barreto Engenharia LTDA.

As estradas da Cachoeirinha (Distrito de Lerroville), Estrada das Abóboras (Warta) e Estrada do Costeki (Patrimônio Espírito Santo) também estão recebendo melhorias, através de equipe, maquinário e recursos próprios da SMAA.

Encontra-se em andamento a reforma da ponte sobre Ribeirão Três Bocas, em parceria com a Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação (SMOP). Em breve, outras duas pontes serão reformadas pela SMAA, em parceria com a SMOP. São elas: a ponte sobre Ribeirão Cafezal e ponte sobre Ribeirão Três Bocas – Parque Daisaku Ikeda. A empresa contratada, por processo licitatório, para executá-las é a Tec-Tecnica de Engenharia Catarinense LTDA. O investimento na reforma das três será de R$ 923.898,54.

Oliveira lembra que, além das obras, os distritos de Londrina, que são o Espírito Santo, Guaravera, Irerê, Lerrovile, Maravilha, Paiquerê, São Luiz e Warta, além dos patrimônios Selva, Taquaruna, Regina e Três Bocas, foram revitalizados. As melhorias incluem a instalação de 1.833 luminárias de LED, academias ao ar livre, revitalização das praças e reforma dos prédios públicos, como as Unidades Básicas de Saúde.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios