Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Os fundadores da Associação Mãos Estendidas (AME), Aldo Pedalino, e sua esposa Patrícia Pedalino, juntamente o deputado estadual Cobra Repórter, apresentaram na última semana ao secretário de Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, o projeto de construção de uma piscina semi-olímpica na sede o projeto, localizado no Novo Amparo, em Londrina. A ONG atende cerca de 100 crianças de 4 a 6 anos. 

O parque aquático seria composto por piscina semi-olímpica, com arquibancada e vestiários para aulas de natação, hidroginástica, além de espaço de lazer para toda família. Sendo semi-olímpica e dentro dos padrões da Federação Brasileira de Natação, será possível abrigar competições de todos os níveis.

"Estive no na ONG AME diversas vezes no ano passado para tratarmos deste projeto e agora estamos encaminhado ao Governo do Estado em busca dos recursos para a piscina. O complexo aquático vai mudar a perspectiva de vida e do bairro, que vai receber centenas de visitantes de todo o país durante as competições. Acredito muito neste projeto e vamos continuar trabalhando para garantir a verba que eles precisam", reforçou Cobra Repórter.

“O esporte influencia diretamente no meio em que essas crianças e jovens vivem, influencia seu futuro, garante disciplina. além disso, o complexo ficará aberto nos finais de semana para servir como opção de lazer para as famílias do bairro”, afirmou o coordenador da AME, Aldo Pedalino.

Meire Bicudo/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios