Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Ong E-letro e o Santuário Nossa Senhora Aparecida de Londrina, promovem coleta de lixo eletroeletrônico no dia 04/12/21 Comprometidos com o descarte de aparelhos eletroeletrônicos de forma adequada e sem prejuízos ao meio ambiente, a Ong E-letro e o Santuário Nossa Senhora de Aparecida, realizam no próximo sábado, dia 04/102 das 9h às 16h, uma ação ambiental de coleta de lixo eletrônico.

O ponto de entrega será na Rua Grajaú, 257, Vila Nova. A atuação da E-letro abrange todos os processos no sentido de acondicionamento, reaproveitamento, desmontagem e destinação, dentro das questões legais e normas vigentes, dos produtos coletados, e conta com a parceria de instituições públicas e privadas.

Parcerias realizadas como essa com o Santuário Nossa Senhora Aparecida auxiliam a fomentação da conscientização ambiental e acabam tornando o descarte consciente um hábito na vida das pessoas.

Serão aceitos todos os tipos de aparelhos eletroeletrônicos sem utilidade ou avariados, tais como computadores, tablets, notebooks, celulares, impressoras, monitores, geladeiras, freezers, máquinas de lavar, fogões, ar-condicionado, micro[1]ondas, TVs, torradeiras, batedeiras, aspiradores de pó, ventiladores, mixers, secadores de cabelo, ferramentas elétricas, calculadoras, câmeras digitais, rádios, computadores etc. Após a triagem do lixo arrecadado todos os aparelhos que estiverem em condições de uso serão recuperados e retornarão ao consumo regular da sociedade, dentro dos princípios da economia circular.

O trabalho da Ong E-letro não se restringe apenas a dar uma destinação correta com o fim da preservação ambiental. Ela também gera empregos e renda para cerca de quinze famílias.

Qual é a importância de se dar a destinação correta ao lixo eletrônico? Um único aparelho celular possui mais 15 metais diferentes, como o cobre, ferro, alumínio, ouro, prata, paládio, estanho, berílio.

E alguns deles são metais pesados contaminantes, como o níquel, cromo, cobalto, chumbo, cádmio, arsênio e o mercúrio. A reciclagem destes metais, evita que estas substâncias sejam jogadas no lixo, enviadas a aterros sanitários e gere danos consideráveis ao Meio Ambiente

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.