Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

População está convidada para participar do encontro on-line e gratuito para falar sobre os direitos das mulheres, a rede de saúde disponível e a importância do planejamento reprodutivo

Para chamar a atenção das mulheres e de homens para os cuidados com o planejamento reprodutivo, na próxima quarta-feira (13), às 17h, a Prefeitura de Londrina vai realizar uma palestra com a enfermeira obstetra, coordenadora de Saúde da Mulher no serviço de Atenção Primária em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Priscila A. Colmiran. O encontro será pela internet, no link: https://meet.google.com/otj-dksq-kzn.

O objetivo é mostrar a importância de se ter um planejamento reprodutivo, assim como apresentar os direitos de as mulheres escolherem quais métodos reprodutivos querem usar e ter acesso às informações seguras sobre os meios e métodos para ter seus objetivos atingidos. Além disso, a palestrante também vai apresentar a rede de atenção básica existente em Londrina e como funciona o fornecimento de insumos preventivos e a realização de procedimentos cirúrgicos.

O planejamento reprodutivo, enquanto política pública, prevê a organização de serviços e processos de saúde para o desenvolvimento de atividades educativas e clínicas relacionadas à pré-concepção, contracepção e esterilização cirúrgica voluntária. Por isso, em Londrina, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) fornecem orientações para as mulheres e a distribuição de alguns métodos contraceptivos, como o anticoncepcional oral e o injetável mensal e trimensal, assim como de preservativos feminino e masculino, e a inserção do Dispositivo Intrauterino (DIU). Nas UBSs, a população também encontra ações educativas visando o planejamento reprodutivo, como o uso de método cirúrgico, com encaminhamento para os procedimentos de laqueadura e vasectomia, com equipe multiprofissional, quando é o caso.

“A palestra é um momento em que as participantes terão oportunidades de fazer perguntas, como em um bate-papo. A intenção é aproveitar o espaço para esclarecer as dúvidas e apresentar os serviços disponíveis na rede de saúde de Londrina, como os realizados através das Unidades Básicas de Saúde. É importante que seja feito o planejamento reprodutivo, para que a mulher faça o planejamento pré-concepcional, que programe a gestação, faça os exames antes de engravidar, como a rotina de preventivo, a avaliação das mamas e os exames de urina, e que faça uso do ácido fólico pelo menos com três meses antes de engravidar. Caso isso não seja  possível, é importante que se faça a detecção da gravidez o mais rápido possível para dar início a rotina de pré-natal”, explicou a palestrante.

A realização deste encontro faz parte da programação do Outubro Rosa e tem o apoio e a realização do Conselho Municipal de Direitos da Mulher (CMDM), da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM) e da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O Departamento Saúde Coletiva (DESC) da Universidade Estadual de Londrina (UEL) é parceiro da atividade.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.