Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Além do tradicional apanhado geral de dados oficiais, a 45ª edição do guia contará com um novo Caderno de Ações das secretarias municipais

Qualquer pessoa interessada em obter informações e indicadores numéricos oficiais sobre o município de Londrina, pode consultar as atualizações disponibilizadas pelo Perfil de Londrina 2020. Produzido e publicado anualmente, este material compila uma série de dados socioeconômicos, ambientais, territoriais, de infraestrutura e administrativos, fornecendo um panorama rico e amplo a respeito da cidade. Neste ano, o material terá sua 45ª edição, em fase final de elaboração pela Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia (SMPOT), tendo 2019 como ano-base.

A versão completa e final do guia está prevista para ser divulgada em dezembro deste ano, quando as fontes oficiais de consulta enviam os últimos dados. Antes disso, o público pode ter acesso livre, em qualquer tempo, a todos os materiais preliminares já disponíveis na página do Perfil de Londrina 2020, cuja base é constantemente atualizada. Conforme os levantamentos são realizados, os leitores conseguem acessar tabelas, gráficos, mapas, quadros e demonstrativos para aprofundar seus conhecimentos sobre as principais características e comportamentos da cidade, principal vetor de desenvolvimento do Norte do Paraná.

As áreas abordadas vão desde pilares como educação, saúde, assistência social e meio ambiente, até infraestrutura, demografia, cultura, trabalho, segurança, agricultura, finanças públicas, entre tantas outras.

A novidade desta edição será um caderno de ações sobre a atual gestão municipal, material exclusivo que será incorporado ao Perfil 2020, reunindo realizações importantes das secretarias e órgãos municipais em termos de políticas públicas, obras, projetos e atividades promovidas.

“Essa etapa está agora em fase de levantamentos com a organização dos dados que vão integrar este caderno de ações. Trata-se de um novo componente no Perfil de Londrina, que amplia, ainda mais, a abrangência de temas e a transparência ao munícipe, indo além dos dados já compilados anualmente. A ideia é criar maneiras diferentes de aprimorar as consultas”, disse o gerente de pesquisa da Diretoria de Planejamento da SMPOT, Alexander Korgut.

Korgut informou que o novo caderno de ações vai trazer conteúdos e tópicos relevantes sobre a gestão interna, apresentando mais sobre o direcionamento das políticas públicas do Município, com índices de execução orçamentária, fontes de recursos e investimentos. “Por meio de tabelas e listagens, os leitores terão a oportunidade de conhecer mais sobre o que vem sendo feito pela Prefeitura. E ficará mais fácil entrar em contato com as secretarias para acesso a informação sobre os serviços prestados. A intenção é tornar o Perfil de Londrina um guia cada vez mais completo e de acesso amigável”, destacou.

Fontes consultadas

Além dos dados compilados pelas secretarias e órgãos da Prefeitura, para a construção do Perfil também são utilizadas fontes oficiais como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), Secretaria do Tesouro Nacional, Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), Câmara Municipal de Londrina (CML), Companhia Paranaense de Energia Elétrica (COPEL), Companhia de Saneamento do Paraná (SANEPAR), Departamento de Trânsito do Paraná (DETRAN-PR), Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (INFRAERO), Rumo Logística – companhia ferroviária e de logística brasileira, Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), entre outras.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios