Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A partir do dia 28 de março, a população de Londrina e região poderá adquirir peixes de excelente qualidade e a preços acessíveis durante a 25ª edição da “Feira Peixe Vivo”. Ela permanece até o dia 30 de março, na Praça Tomi Nakagawa, na Rua Rua Benjamin Constant, s/n, região central.

Nos dois primeiros dias de feira, dias 28 e 29 de março, ela estará aberta ao público das 8h às 19h. Já no dia 30 de março, ela funcionará das 8h às 13h. Nela, a população poderá adquirir peixes de cinco piscicultores de Londrina. Eles colocarão à disposição dos consumidores as seguintes espécies: Bagre e Carpa (R$ 13,00/kg); Tilápia pequena (R$ 13,00/kg); Tilápia grande (R$ 16,00/kg); Matrinxã (R$ 19,00/kg); Pacu (R$ 19,00/kg); e pintado (R$ 25,00/kg).

A expectativa para este ano é que sejam comercializadas 14 toneladas de peixe. No ano passado, foram vendidas 16 toneladas com a ajuda de sete piscicultores. Para o gerente de agroindústria da Secretaria Municipal de Agricultura, Paulo Gonçalves da Silva, a feira é importante para que o consumidor adquira produtos de excelente qualidade e para o piscicultor que terá um local adequado mais próximo ao consumidor para vender seu produto.

“A Feira do Peixe Vivo é uma tradição e procura auxiliar o piscicultor dando um espaço para ele vender o peixe, em um canal de circuito curto, ou seja, próximo da população. Além disso, é bom para o consumidor que compra um produto de excelente qualidade, visto que o peixe ainda está vivo, e de procedência confiável”, disse Silva.

Além dos peixes, os clientes encontrarão barracas de pastel de vários sabores e salgados de peixe para consumirem na hora. A ação faz parte da “Feira de Produtos de Época”, que integra a política de Segurança Alimentar do Município, realizada pela Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento. 

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios