Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Reuniões integram a programação da 10ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

Começaram segunda-feira (6), a série de 21 pré-conferências organizadas pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). As reuniões representam uma etapa da 10ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, que acontece nos dias 8 e 9 de novembro na Escola Profissional e Social do Menor de Londrina (Epesmel), apresentando o tema “Proteção integral, diversidade e enfrentamento à violência”.

Os encontros prosseguem até 14 de setembro, distribuídos entre todas as regiões de Londrina e distritos. Cada pré-conferência abordará segmentos específicos, como “criança e adolescente com deficiência e cuidadores”, “adolescentes privados de liberdade”, “criança e adolescente indígena e moradores de assentamento”, entre outros.

Durante as reuniões serão realizados grupos de trabalho, divididos entre crianças, adolescentes e adultos. Serão discutidos cinco eixos temáticos: garantia dos direitos e políticas públicas integradas e de inclusão social; prevenção e enfrentamento da violência; orçamento e financiamento das políticas públicas; participação, comunicação social e protagonismo e espaços de gestão e controle social das políticas públicas.

Os enfoques vão ao encontro de um dos objetivos da 10ª Conferência, que é promover a difusão e o debate sobre o conteúdo temático, indicando propostas de acordo com a realidade vivenciada pelo público em questão. As proposições serão deliberadas e encaminhadas para execução dos órgãos competentes.

As pré-conferências envolvem também a eleição de delegados, representantes do Município em convenções estaduais e nacionais. Serão eleitos 225 adolescentes, 75 crianças e 216 pessoas do segmento adulto. Eles serão responsáveis por deliberar as propostas que serão definidas como políticas públicas de Londrina para os próximos três anos.

De acordo com a secretária executiva do CMDCA, Edsonia Marcelino, as pré-conferências são imprescindíveis para proposições e garantias dos direitos da criança e do adolescente. “É uma oportunidade do Conselho se aproximar da realidade vivida por crianças e adolescentes, avaliar como estão desenvolvidas as políticas públicas para esse segmento e, acima de tudo, indicar como deve acontecer tanto a política de atendimento quanto a proteção pelos órgãos responsáveis”, explicou.

A próxima pré-conferência será realizada no dia 8, às 9h às 12h, no Colégio Estadual Maria Helena Vaz, localizado no distrito de Lerroville. As regiões, locais e horários das reuniões seguintes podem ser consultados com o CMDCA, pelo telefone 3378-0028.

10ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - A conferência de 2018 espera receber um público de 800 pessoas. O evento reunirá os delegados eleitos, representantes de órgãos públicos, movimentos sociais, fóruns, sindicatos e da sociedade civil. Para esta edição, uma novidade é a inclusão de crianças e adolescentes deficientes nas reuniões e a discussão de políticas para este segmento.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios