Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Serão R$ 200 milhões investidos pelo Município em construções, reformas, ampliações e revitalizações previstas para 2022, nas mais diversas áreas, como educação, saúde, assistência social, meio ambiente, esporte, lazer, transportes, entre outros

Ontem (10), em comemoração aos 87 anos do Município de Londrina, o prefeito Marcelo Belinati anunciou um pacote contendo 76 obras públicas que devem mudar a cara da cidade. São construções, reformas e ampliações de Unidades Básicas de Saúde, escolas municipais, ciclovias, terminais de transporte coletivo, praças e quadras esportivas, de pavimentação, duplicação e revitalização do Aterro do Lago Igapó, entre tantas outras, totalizando um investimento do município de aproximadamente R$ 200 milhões.

No pacote estão inclusas obras já licitadas e prontas para começar, outras em processo de licitação, em fase de elaboração do orçamento e há aquelas em que os projetos arquitetônicos e complementares estão sendo executados. Do total de 76 obras, sete começaram recentemente e o restante serão realizadas em 2022, O objetivo é que tragam mais conforto e qualidade de vida para a população de Londrina como um todo.

No valor total de R$ 200 milhões, o pacote de 76 obras prevê o investimento de R$ 180 milhões, cujos recursos já estão disponíveis;  também foi anunciado mais R$ 20 milhões que deverão ser aplicados para a iluminação de LED de todas as regiões de Londrina. “São obras e ações da Prefeitura de Londrina, que movimentam a economia, geram empregos e renda, e o mais importante:  vão melhorar a qualidade de vida das pessoas. É um grande conjunto de ações da Prefeitura que ocorrerá durante todo ano de 2022 e que já estão com os recursos garantidos”, explicou o prefeito Marcelo Belinati.

Durante a apresentação do pacote, o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, destacou algumas obras que vão acontecer em Londrina. Entre elas, ele mencionou a revitalização do Aterro do Lago Igapó, que receberá um projeto semelhante ao que foi realizado no entorno do Igapó II, contendo novas calçadas, ciclovia, parquinho infantil, academia ao ar livre, bancos para o descanso, lixeiras novas, instalação de floreiras e outros equipamentos públicos.

Canhada também citou a construção de 25 quilômetros de ciclovias, que se interligarão e vêm atender aos pedidos dos ciclistas da cidade, e a construção da Casa da Mulher Londrinenses que unirá todos os serviços da rede de enfrentamento à violência contra as mulheres em um único espaço. Outra iniciativa é o cuidado com os córregos localizados no território urbano, como do Ernani Moura Lima e do União da Vitória, que vão ganhar um espaço de lazer e atividade física para os moradores utilizarem. Assim, os espaços terão calçamento para caminhada, brinquedos para as crianças, academia ao ar livre, campinho de futebol e outras benfeitorias que vão torná-los agradáveis para toda família.

O mesmo projeto já foi entregue no Centro de Esporte e Lazer Professor Reynaldo Ramon, mais conhecido como Lagoa Dourada. “É o maior conjunto de obras de Londrina anunciados em uma única vez. São R$ 180 milhões que serão investidos para que o londrinense tenha uma alta qualidade de vida, por isso serão obras em todas as regiões da cidade, inclusive na periferia e na zona rural. É um trabalho coletivo de toda a administração. Londrina está de parabéns!”, disse Canhada.

No pacote apresentado há reformas de espaços que já haviam sido iniciadas, mas que precisaram ter os contratos rompidos, visto o descumprimento por parte de algumas empresas.

Sobre isso, o secretário municipal de Gestão Pública, Fábio Cavazotti e Silva, explicou que elas estão no compilado, porque após a rescisão contratual e a devida penalização dessas empresas, seguindo a Lei de Licitações, é preciso abrir um novo processo licitatório para a contratação de uma nova empresa. “Esse volume de obras que a gente lançou é o compromisso dessa administração com a transparência. Todos os processos seguem os princípios da legalidade, lisura e da probidade administrativa, buscando a participação do maior número de empresas possíveis. Isso representa uma oportunidade para as empresas de Londrina participarem da licitação, porque temos desde obras pequenas até grandes. Gostaríamos que o mercado da construção civil de Londrina olhasse para esse anúncio como um calendário de oportunidades”, ressaltou Cavazotti e Silva.

Obras Licitadas

Entre as obras já licitadas estão: a reforma e ampliação da Casa Abrigo Canto de Dália, serviço da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM), que atende as vítimas de violência com grave ameaça e risco de morte; a construção da ciclovia da Rua José Giroldo (próximo à Avenida Ayrton Senna, no Parque Guanabara); a construção da nova sede para o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Sul A e do Ginásio de Esportes da Escola Municipal Professora Vilma Rodrigues Romero no Residencial Terra Nova; e a finalização das reformas das Unidades Básicas de Saúde do Vixi Xavier (zona norte), da Vila Brasil (central) e de Lerroville (zona rural). Somente aqui serão investidos R$ 4 milhões.

Licitação em andamento

Estão em andamento os processos licitatórios para a construção de um prédio próprio para a Escola Municipal no San Izidro, na zona leste, (veja a matéria aqui), para a ciclovia da Avenida Guilherme de Almeida (região sul), completando a revitalização e as obras de duplicação da via (finalizada em 2020); a adequação das Ruas Annibal Balarotti e São José (Perobinha); revitalização da Praça Dom Pedro I (; revitalização do Aterro do Lago Igapó; Ponte da Água do Gramadinho (Estrada Paiquerê-Guairacá) e para a conclusão da construção da UBS da Fraternidade. Podem ser aplicados quase R$ 16 milhões, dependendo do resultado dos processos licitatórios.

Projetos prontos para licitar

Estão prontos os projetos arquitetônicos e complementares para a reconstrução do Barracão de Reciclagem no Residencial Horizonte que sofreu um incêndio no início de 2017 e para a Marginal da PR-445 no trecho na Avenida Dez de Dezembro x Avenida Eurico Gaspar Dutra x Terminal Acapulco (Avenida Chepli Tanus Daher). Além disso, devem ser reconstruídos os Terminais de Transporte Coletivo do Ouro Verde e do Acapulco; além de reformado o Terminal Central, o Centro de Convivência da Região Leste (CCI Leste) e o Centro de Convivência da Região Oeste (CCI Oeste). Também serão revitalizados os Córregos Saltinho no Cafezal; da Praça da Rua João da Silva Godoy e a Rua Elizeu Costa, no Jardim Ernani Moura Lima; e a UBS do Parigot de Souza.

Sobre o Terminal de Transporte Coletivo da região central, o secretário municipal de Obras e Pavimentação, João Verçosa, explicou o que deve ser feito. “Conseguimos um financiamento do Governo Federal, onde será feita a troca de escadas rolantes e elevadores, a revitalização interna, com pintura, e a adequação da pavimentação asfáltica. Enfim, tudo que é necessário para deixar o terminal mais agradável para os usuários do transporte coletivo”, disse.

Orçamento em elaboração

Estão em fase de elaboração os orçamentos para as obras do Centro Comunitário da Vila Nova e a revitalização do entorno; a duplicação da Rua Itajaí, no Vila Nova; o prolongamento da Avenida Octávio Genta; a revitalização da mina d’água do Jardim Cristal; a revitalização do Córrego Barreiro (no Ernani Moura Lima), a revitalização do campo de futebol de Lerroville e a reforma e ampliação da Escola Municipal Carlos Kraemer.

Projetos em elaboração

Estão em fase de elaboração os projetos para a revitalização do Complexo Esportivo da Praça do Conjunto Violim; do Centro de Bem Estar Animal (CBEA); da Ciclovia Circuito Pé Vermelho; duplicação da Rua Paulo Novaes de Silveira, no jardim Sabará na divisa com o Município de Cambé; e a pavimentação da Rua Acilino Augusto do Nascimento (no Portal Versalhes) e a revitalização da Praça do Jardim Piza.

Além dessas, também foram anunciados os projetos de revitalização da Avenida Curitiba, da Praça da Juventude Sul (antigo Pavilon) e de acessibilidade da UBS da Usina Três Bocas, a construção da Capela Mortuária de Irerê, a revitalização do Córrego Jerimú (União da Vitória), a revitalização do entorno do Parque Municipal Arthur Thomas, a construção da ciclovia da Giocondo Maturi (Vista Bela), construção da Casa da Mulher Londrinense, a cobertura da Quadra de esportes do CEPAS (unidade Aquilles Sthengel), a revitalização das Quadras Esportivas do Jardim Carnascialli (na Rua da Humildade), de Guaravera, de Paiquerê, de Irerê, da Warta e de Guairacá, assim como a reforma da Quadra de Esportes do Jardim Paraíso (na Rua Perdizes) e as construções das quadras no Instituto União para a Vitória e no Instituto Flávia Cristina.

As escolas municipais José Hosken de Novaes, Sonia Parreira Debei, Nina Gardemann, Carlos Zewe Coimbra, Francisco Pereira de Almeida Junior, Mábio Gonçalves Palhano e a Hikoma Udihara também deverão ser reformadas e ampliadas. Já as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Aquilles Stenghel, Cafezal, Guaravera, Lindóia, Padovani, Irerê,  Ouro Branco, Bandeirantes, Chefe Newton, Vila Ricardo, Armindo Guazzi e e do União da Vitória serão reformadas.

Os projetos estão sendo construídos também para a revitalização dos campos de futebol do São Marcos (na Rua Rainha da Felicidade), de Guaravera e da Warta. Os trabalhos contemplados no pacote de obras estão sendo construídos em conjunto pelas secretarias municipais, tendo como organizadores a Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia (SMPOT), Obras e Pavimentação (SMOP) e de Gestão Pública (SMGP).

Acompanharam a entrevista coletiva, o vice-prefeito, João Mendonça; o chefe de gabinete, Moacir Sgarioni; os secretários de Saúde, Felippe Machado; do Ambiente, Ronaldo Siena; da Agricultura e Abastecimento, Régis Choucino; do Idoso, Andrea Ramondini; da Assistência Social; Jacqueline Micali; da Mulher, Liange Doy; os presidentes da Cohab, Luiz Cândido de Oliveira; e da Fundação de Esportes, Marcelo Oguido; o diretor da Londrina Iluminação, Alexander Fermino Farias e o vereador Matheus Thum.

NCPML

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.