Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Londrina será a única cidade da região sul a receber a tecnologia 5G e terceira brasileira a instalar a antena dessa tecnologia

Nesta quinta-feira (12), às 11 horas, o prefeito Marcelo Belinati receberá, em Londrina, o Ministro da Comunicação, Fábio Faria; a Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias; o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior; e outras autoridades para o lançamento da internet 5G. O evento para demonstrar o potencial da nova tecnologia será na Vitrine de Tecnologias da Embrapa Soja, localizada na Rodovia Carlos João Strass, s/nº Acesso Orlando Amaral, no Distrito da Warta, a 20 km do centro de Londrina.

Durante o lançamento, representantes da Nokia, da Sercomtel e da Embrapa Soja vão realizar demonstrações de soluções tecnológicas para o agronegócio, que se beneficiará da tecnologia 5G. Com seu uso no campo, o 5G possibilitará a utilização de robôs e ferramentas automatizadas, que poderão transmitir e receber dados e comandos imediatos. Será possível captar informações como dos componentes do solo, de plantas e do desempenho animal, e processá-los em plataformas e sistemas, dando subsídio para a tomada de decisão do agricultor. Levando a conectividade ao campo, espera-se contribuir para o aumento da produtividade das lavouras e da renda do produtor.

Para mostrar todo o potencial, durante o lançamento, serão realizadas demonstrações envolvendo consultas veterinárias remotas e máquinas conectadas, gerando insights para decisão em tempo real. O objetivo é apontar como ocorrerá o uso intensivo de análise de dados baseado na internet 5G, ampliando o suporte ao produtor brasileiro.

A iniciativa faz parte da série de projetos-piloto de conectividade, promovidos pelo Ministério das Comunicações, do Governo Federal, cuja intenção é mostrar à população as soluções em desenvolvimento e as iniciativas já disponíveis, impactadas positivamente pela qualidade da conexão 5G no campo.

Londrina foi escolhida para receber esse projeto-piloto, porque desde novembro de 2019 é sede do Polo de Inovação do Agro, instalado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Ela será a única cidade da região sul a receber a tecnologia 5G e terceira brasileira a instalar a antena dessa tecnologia. Antes dela, os municípios de Sorocaba (SP) e Rondonópolis (MT) inauguraram o equipamento.

Ao todo, fazem parte desse projeto de conectividade, os Municípios de Londrina (PR), Rondonópolis (MT), Padef (DF), Uberaba (MG), Ponta Porã (MS), Rio Verde (GO), Petrolina (PE) e Bebedouro (SP). Em termos de benefícios, a transmissão e o recebimento de dados com a 5G é mais veloz. As redes 3G, por exemplo, transmitem dados na ordem de 0,12 a 6 Mbps. Já o 4G permite a troca de informações a uma velocidade entre 5 Mbps e 12 Mbps, enquanto o 5G estima-se que pode chegar a 100 Mbps.

Pavimentação

A Prefeitura de Londrina, concluiu na semana passada, o recape do pavimento na estrada que dá acesso à sede da Embrapa Soja. O trabalho executado pela Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação corrigiu e adequou problemas no pavimento de deste trecho que liga a PR-545 a sede da empresa Federal.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.