Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Até o próximo dia 25, campanha educativa terá blitz, intervenções em faixas de pedestres, flash mob e atividade surpresa

Em solenidade realizada ontem (19), na sede administrativa da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), o prefeito Marcelo Belinati abriu oficialmente a Semana Nacional de Trânsito em Londrina. A campanha, que ocorre em todo o país entre os dias 18 e 25 de setembro, tem como objetivo estimular reflexões sobre a violência viária e alertar sobre a necessidade de mudança de comportamento no dia a dia das ruas.

Marcelo elogiou o trabalho educativo da CMTU e lembrou as obras de duplicação em curso na cidade. “São iniciativas que melhoram a mobilidade urbana e contribuem para a diminuição dos índices de acidente. Somadas às atividades de orientação e informação, ajudam a tornar o nosso trânsito mais seguro”, afirmou.

O diretor-presidente da CMTU, Marcelo Cortez, citou a redução do número de mortes nas ruas do município e elencou a implantação de radares como um dos fatores responsáveis pela queda. “Os dispositivos trazem mais segurança à medida que inibem duas das infrações de maior potencial letal: o excesso de velocidade e o avanço do sinal vermelho”, disse.

Cortez afirmou também que a intenção da CMTU é elevar a quantidade de locais monitorados pelos equipamentos de 22 para até 65. O levantamento dos pontos já foi feito e o processo licitatório está em andamento.

Já o diretor de Trânsito da CMTU, Sergio Dalbem, disse que a Semana de Trânsito é oportunidade para que as pessoas repensem as atitudes ao volante. “Precisamos refletir sobre os mortos e feridos, mas também pensar nos indivíduos que ainda jovens ficam com sequelas gravíssimas pelo resto da vida”, frisou.

Programação – Com o tema “No Trânsito, o Sentido é a Vida”, o início da campanha em Londrina foi marcado pelo lançamento, ontem, quarta-feira (18), de mais uma etapa do programa “Agente de Trânsito Mirim”. A iniciativa vai atender 48 alunos da Escola Municipal Maria Carmelita Vilela Magalhães, no jardim Mazzei, com conteúdos que vão de dicas de segurança ao significado das placas de sinalização.

Hoje, além do evento de abertura oficial da campanha, a programação inclui ação educativa surpresa junto a clientes de um bar na Rua da Lapa, área central da cidade. A prática, que começa às 19h e visa sensibilizar para a perigosa combinação entre beber e dirigir, promete chamar a atenção dos presentes.

Hoje (20), agentes da CMTU e estudantes do curso de Educação Física da Unifil farão intervenções rápidas em faixas de pedestres não semaforizadas. Conhecidas como flash mobs, as apresentações instantâneas acontecerão em locais de travessia em vias como a Saul Elkind, Inglaterra, Santos Dumont, Ayrton Senna, Maringá e a rua Benjamin Constant.

Amanhã (21), é a vez do Dia Mundial sem Carro movimentar a avenida Higienópolis. Com três palcos, mais de 20 atrações artísticas, cerca de 50 expositores e expectativa de público de 15 mil pessoas, o convite é para que o londrinense deixe o automóvel na garagem e vá curtir a cidade de um jeito diferente. Além de atividades de educação no trânsito, o evento oferecerá prestação de serviços, esportes, entretenimento, saúde e bem-estar.

A programação segue na segunda-feira (23) com blitz educativa na avenida Dez de Dezembro. Realizada no período da tarde em parceria com a Polícia Militar (PM), a ação consiste em abordar os condutores cujos veículos forem flagrados em velocidade superior ao limite permitido.

No dia seguinte, terça-feira (24), a CMTU fará a distribuição de mensagens de conscientização em vagas para motocicletas na região da alameda Manoel Ribas, nas proximidades da Catedral Metropolitana de Londrina. Também haverá abordagem de motociclistas para a verificação de itens de segurança.

Já na quarta (25), último dia da campanha, agentes e integrantes da Associação Famílias Especiais de Londrina (AFEL) promoverão ação educativa em prol dos direitos, no trânsito, das pessoas com deficiência física e mobilidade reduzida. A ideia é ocupar os locais de estacionamento com cadeiras de rodas e muletas, acompanhadas das desculpas mais comuns dadas por quem utiliza irregularmente as vagas exclusivas.

Além do prefeito Marcelo Belinati, participaram da abertura oficial da Semana de Trânsito, o secretário de Governo, Marcelo Canhada; o vereador Péricles Deliberador; diversos membros do secretariado municipal; funcionários da CMTU e, ainda, representantes das instituições parceiras do Dia Mundial sem Carro.

Danylo Alvares / Assessoria CMTU

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios