Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Na visita de cortesia, Parameswaran Ramani agradeceu o prefeito pela boa relação existente entre a empresa e o poder público

Ontem (22), o prefeito Marcelo Belinati se reuniu com Parameswaran Ramani, diretor do Delivery Center da Tata Consultancy Services (TCS) em Londrina. A multinacional da Índia opera na cidade há quase três anos, tendo aqui seu maior centro operacional no Brasil. A empresa integra o maior conglomerado industrial da Índia, o Grupo Tata, sendo uma das líderes mundiais em serviços de TI, consultoria e soluções de negócios.

A visita de cortesia ocorreu no gabinete do prefeito e contou com a presença do secretário municipal de Governo, Alex Canziani, e do presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (CODEL), Bruno Ubiratan.

Durante o encontro, Ramani trouxe ao prefeito Marcelo Belinati uma lembrança típica indiana. Segundo o diretor da TCS em Londrina, o objeto serve para trazer sorte e sucesso à administração municipal. Ele agradeceu a forma como Londrina abriu as portas para a TCS. “Este é um pequeno presente ao prefeito, algo para ele ter em seu gabinete para atrair vibrações positivas, saúde e sorte. É uma forma de agradecer o poder público local pela receptividade e parceria desde que a TCS se instalou aqui. Desejamos que este polo da empresa possa se expandir e aprimorar seus negócios, se desenvolvendo junto com Londrina”, disse.

O prefeito Marcelo Belinati retribuiu os agradecimentos e destacou a importância de uma empresa do porte da TCS operar na cidade. “Fico muito feliz com o presente e a gentileza, valorizo o carinho que as lideranças da TCS têm por Londrina. É uma grande satisfação poder contar com uma gigante do segmento de TI, que vem oportunizando a criação de centenas de empregos, capacitação de jovens profissionais e o fortalecimento do ecossistema neste segmento”, enfatizou.

Sobre a TCS

É uma multinacional indiana do ramo de serviços de TI, consultoria e soluções corporativas, possuindo uma equipe de consultores próprios e serviços integrados em TI, BPS, infraestrutura, engenharia e testes de qualidade de software realizados por meio do modelo Global Network Delivery Model. Modelo reconhecido como referencial de excelência no desenvolvimento de softwares.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.