Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Na visita de cortesia, Parameswaran Ramani agradeceu o prefeito pela boa relação existente entre a empresa e o poder público

Ontem (22), o prefeito Marcelo Belinati se reuniu com Parameswaran Ramani, diretor do Delivery Center da Tata Consultancy Services (TCS) em Londrina. A multinacional da Índia opera na cidade há quase três anos, tendo aqui seu maior centro operacional no Brasil. A empresa integra o maior conglomerado industrial da Índia, o Grupo Tata, sendo uma das líderes mundiais em serviços de TI, consultoria e soluções de negócios.

A visita de cortesia ocorreu no gabinete do prefeito e contou com a presença do secretário municipal de Governo, Alex Canziani, e do presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (CODEL), Bruno Ubiratan.

Durante o encontro, Ramani trouxe ao prefeito Marcelo Belinati uma lembrança típica indiana. Segundo o diretor da TCS em Londrina, o objeto serve para trazer sorte e sucesso à administração municipal. Ele agradeceu a forma como Londrina abriu as portas para a TCS. “Este é um pequeno presente ao prefeito, algo para ele ter em seu gabinete para atrair vibrações positivas, saúde e sorte. É uma forma de agradecer o poder público local pela receptividade e parceria desde que a TCS se instalou aqui. Desejamos que este polo da empresa possa se expandir e aprimorar seus negócios, se desenvolvendo junto com Londrina”, disse.

O prefeito Marcelo Belinati retribuiu os agradecimentos e destacou a importância de uma empresa do porte da TCS operar na cidade. “Fico muito feliz com o presente e a gentileza, valorizo o carinho que as lideranças da TCS têm por Londrina. É uma grande satisfação poder contar com uma gigante do segmento de TI, que vem oportunizando a criação de centenas de empregos, capacitação de jovens profissionais e o fortalecimento do ecossistema neste segmento”, enfatizou.

Sobre a TCS

É uma multinacional indiana do ramo de serviços de TI, consultoria e soluções corporativas, possuindo uma equipe de consultores próprios e serviços integrados em TI, BPS, infraestrutura, engenharia e testes de qualidade de software realizados por meio do modelo Global Network Delivery Model. Modelo reconhecido como referencial de excelência no desenvolvimento de softwares.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios