Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Instituto Pernas Preciosas é uma instituição sem fins lucrativos, que tem como objetivo oportunizar às pessoas com deficiência a prática esportiva, cultural e educacional

Na manhã desta sexta-feira (24), o prefeito Marcelo Belinati sancionou a Lei n.º 3261 que torna o Instituto Pernas Preciosas – Instituto P2 uma instituição de Utilidade Pública. A solenidade foi realizada no gabinete do prefeito e contou com a presença de diversas autoridades. O Projeto de Lei n.º 110/2021, que resultou no reconhecimento da instituição como de utilidade pública, foi do vereador Fernando Madureira. Ele foi aprovado por unanimidade, na Câmara Municipal de Londrina.

O Instituto Pernas Preciosas é uma instituição sem fins lucrativos, que tem como objetivo oportunizar às pessoas com deficiência a prática esportiva, cultural e educacional, por meio da reabilitação física, da inclusão social e de atividades que ajudam a melhorar a autoestima. Para isso, a entidade faz o treinamento de atletas com deficiência, executando exercícios de força física e habilidades, e conta com o trabalho voluntário de professores de educação física, nutricionistas, fisioterapeutas e de um contador. Atualmente, oito modalidades são trabalhadas no instituto: halterofilismo, basquete com cadeira de rodas, paranatação, vôlei sentado, parajiu-jitsu, futsal down, cross adaptado e corrida de rua. O local atende mais de 100 pessoas e outras 100 estão na fila de espera, aguardando serem atendidas.

Com o título de Utilidade Pública, a entidade poderá consolidar convênios municipais, estaduais e federais e dar continuidade ao aprimoramento e ampliação dos trabalhos que já vêm sendo desenvolvidos. A instituição surgiu em 2018, quando Angelita Bonifácio foi convidada para atuar como voluntária em uma corrida de rua, auxiliando um cadeirante durante o percurso no entorno do Aterro do Lago Igapó, em Londrina. O setor administrativo do instituto  fica na Rua Piauí, 1.269, sala 7, no Centro, e o treinamento dos atletas acontece em diferentes locais.

O prefeito Marcelo Belinati destacou que o instituto faz um trabalho maravilho, pois atua no acolhimento, apoio e inclusão de pessoas com deficiência. “O instituto dá perspectiva de um futuro positivo para muitas famílias. Diversas crianças e jovens estão no projeto, fazendo atividade física, e não tenho dúvida de que eles serão paratletas no futuro. Isso faz muito bem, tanto fisicamente, quanto emocionalmente. Desde o início de nossa administração temos atuado em todas as áreas e uma delas é voltada a pessoas com deficiência. Parabéns ao Pernas Preciosas por sua brilhante atuação em Londrina. Contem sempre conosco”, afirmou.

O secretário municipal de Governo, Alex Canziani, disse que o título de utilidade pública é o reconhecimento do poder público pela relevância do serviço prestado pela instituição. “O Pernas Precisas faz um belo trabalho na promoção, visibilidade e apoio às pessoas com deficiência e, nada mais justo, a sanção desta lei. Parabéns ao instituto, à Câmara, que aprovou o projeto, e a cidade de Londrina, por ter uma instituição com esta qualidade, sendo reconhecida como de utilidade pública”, apontou.

Uma das representantes do Instituto Pernas preciosas, Ghislaine Teixeira da Silveira, que também é presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, contou a sanção desta lei era um sonho da instituição que passa a se tornar realidade. “Por meio deste título vamos poder salvar mais vidas, porque vamos poder ampliar o nosso trabalho, tirar as pessoas da fila de espera e termos um local próprio, específico, para os treinamentos”, expôs.

A atleta paralímpica de halterofilismo e membro da diretoria do Pernas Preciosas, Marcia Menezes, destacou que por meio do título de utilidade pública será possível buscar recursos para que o instituto possa ter sede própria que comporte todas as modalidades. “Agradeço ao prefeito e aos vereadores por essa conquista. Nosso objetivo é ampliar, cada vez mais, o número de atletas atendidos, e dar um melhor suporte a eles. Já tiramos muitas pessoas que estavam com depressão, mostrando a elas que o esporte devolve a vida, e agora poderemos expandir o nosso trabalho”, disse.

Menezes também contou um pouco de sua história, que é inspiração para muitas crianças e jovens do instituto. “Há seis anos eu me mudei de Londrina para Itu, onde morei por este tempo e treinei pela Seleção Brasileira, competindo nacionalmente e internacionalmente. Sou multicampeã brasileira, tenho 11 medalhas internacionais, incluindo uma medalha inédita no Brasil, que a primeira do halterofilismo em um mundial. Sempre levei o nome de Londrina, de forma positiva, para todo lugar que eu fui. Quando voltei para Londrina dei continuidade ao meu sonho, que se tornou muito maior quando entrei para o instituto. Continuo em preparação, para participar de competições internacionais, e quero levar, ainda por muito tempo, o nome de Londrina e do Pernas precisas por onde eu for”, enfatizou.

O vereador Fernando Madureira, autor do projeto de lei, elogiou o trabalho realizado pelo instituto e disse que o título de utilidade pública é mais uma ferramenta para apoiar o projeto. “Desde a minha atuação como presidente na FEL, no primeiro mandando desta administração, o prefeito Marcelo Belinati sempre foi um grande apoiador do esporte. Muitas vezes tínhamos dificuldades em repassar verbas para as entidades, por falta de CNJP e documentação. Por isso, orientamos a Angelita, que com todo o empenho e conhecimento no paradesporto, foi atrás da documentação necessária e, agora, com o título de utilidade pública a instituição poderá captar verbas de projetos estaduais, como o Nota Paraná, e do governo Federal, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, por exemplo”, apontou.

A deputada Luísa Canziani afirmou que a sanção desta lei representa um sonho realizado. “Este dia é muito significativo, pois coroa todo o esforço do trabalho realizado pelo instituto. Precisamos ampliar iniciativas como essa, para que o trabalho em prol das pessoas com deficiência possa expandir. Parabéns ao Pernas Preciosas, pelo promoção deste trabalho honroso, ao prefeito, vereadores, e todos os envolvidos nesta ação”, salientou.

Entre os presentes na solenidade, estiveram o presidente da Fundação de Esportes de Londrina, Marcelo Oguido; o vereador Eduardo Tominaga; crianças atletas do instituto, acompanhadas pelos seus pais; e a assessora jurídica do Pernas Preciosas, Stela Puzi Cessel.

Dayane Albuquerque e Ana Paula Hedler/NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.