Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Concorrência é voltada para dar prosseguimento à recuperação das UBSs do Vivi Xavier, da Vila Brasil e do distrito de Lerroville

A Prefeitura de Londrina abriu processo licitatório para execução de serviços de recuperação de três Unidades Básicas de Saúde (UBSs): do Vivi Xavier, da Vila Brasil e do distrito de Lerroville. A reforma, nestas unidades, já havia iniciado, contudo o contrato o anterior precisou ser rescindido, pois a empresa contratada não tinha condições de dar continuidade às obras nestes locais.

O município pagará o valor máximo de R$ 790.236,72 para a empresa que vencer a concorrência CP/SMGP 0009/2021, sendo R$ 320.087,20 para a recuperação da UBS de Lerroville, R$ 161.811,66 para as obras da unidade da Vila Brasil e R$ 308.337,86 para a UBS do Vivi Xavier.

Os envelopes, com as propostas, devem ser entregues no dia 9 de agosto, das 12h às 13h, na Sala de Licitações, que fica na Avenida Duque de Caxias, 635, no piso térreo da Prefeitura de Londrina. No mesmo dia, a partir das 13h, será feita a abertura dos envelopes. Dúvidas e outras informações podem ser obtidas pelo e-mail licita@londrina.pr.gov.br ou pelo telefone (43) 3372-4024.  O atendimento é das 12h às 18h.

Os interessados devem agendar a visita técnica na Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação, pelo telefone: (43) 3372-4157, com a servidora Luciana, de segunda a sexta feira, das 12 às 18 horas, até o dia 4 de outubro. A Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação entende ser necessária a visita técnica para a elaboração da proposta pela licitante, por se tratar de conclusão de obras iniciadas e paralisadas.

No objeto das reformas, constam serviços como: revestimentos em paredes; acabamentos; inserção de pisos; instalações hidráulicas e elétricas; pintura; comunicação visual; execução de calçada; limpeza final das obras; entre outros. Todos os detalhes da concorrência estão no portal da Prefeitura, aqui. 

Serviços executados

Na UBS da Vila Brasil já foram executados 65,86% dos serviços, até a interrupção das obras, tais como: substituição do piso antigo e do revestimento cerâmico das paredes dos banheiros; execução da calçada e do estacionamento em paver; substituição de luminárias, portas e reparos em esquadrias; execução de parte da pintura da unidade; inserção de divisórias em gesso acartonado; substituição da cobertura da unidade; adequações para acessibilidade, nas bancadas da recepção e farmácia, além colocação de piso tátil.

Na UBS do Vivi Xavier a empresa contratada anteriormente iniciou o serviço de pintura; a execução do piso e do revestimento interno; concluiu a demolição e inserção da nova calçada externa; iniciou a instalação do corrimão e fez a revisão do telhado. Com isso, foi executado 53,33% dos serviços previstos. Já a UBS de Lerroville teve apenas 8,41% de suas obras concluídas, onde foi feita a demolição da calçada interna e parte da execução da calçada externa.

Atendimento

Os atendimentos da UBS do Vivi Xavier foram realocados em um barracão alugado na Rua Alexandre Santoro, 428, mais conhecida como Avenida das Torres, em frente à subestação da Copel. Os atendimentos da UBS de Lerroville também estão acontecendo em um barracão alugado, na Rua Antonio Fernando Sobrinho, 700, em Lerroville. E os serviços da UBS da Vila Brasil estão ocorrendo na UBS Centro, na Rua Souza Naves, 754.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.