Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Sistema de segurança por câmeras deverá ser instalado no Centro Esportivo do Maria Cecília; nas Praças da Juventude da Zona Norte e da Zona Sul; e na Biblioteca do CEU

Pensando em manter os espaços públicos mais seguros, a Prefeitura de Londrina abriu o processo licitatório nº 0005/2021, para implantar a infraestrutura necessária ao sistema de videomonitoramento em quatro espaços públicos. São eles: Centro Esportivo do Maria Cecília (Rua Luís Brugin, 610), Praça da Juventude da Zona Norte (Av. Henrique Mansano, 697), Praça da Juventude da Zona Sul (Av. Guilherme de Almeida, 2218) e a Biblioteca do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), que fica na Rua Ângelo Gaioto, s/n.

As empresas interessadas em concorrer neste processo devem se atentar as datas. Isso porque, o recebimento das propostas acontecerá na próxima quarta-feira (26), até às 13h, na Sala de Licitações da Prefeitura de Londrina, localizada no piso térreo da sede administrativa, na Av. Duque de Caxias, nº 635, Centro Cívico. Em seguida, no mesmo dia, às 13h, serão abertos os envelopes.

A intenção da Prefeitura de Londrina é instalar um sistema de segurança monitorada compatível com o o software VMS de gerenciamento utilizado pelo Grupo de Comunicação e Monitoramento (GCOM), na Central de Videomonitoramento da Guarda Municipal de Londrina. Por isso, o processo licitatório foi dividido em duas partes, sendo a primeira delas referente à infraestrutura para o recebimento de dados na Central de Comunicação da Guarda Municipal. Esta etapa já foi feita e teve como custo máximo o valor de R$ 366.532,45.

A segunda parte do processo está aberta no momento e visa à instalação dos equipamentos nos quatro espaços que serão vigiados (Centro Maria Cecília, nas Praças da zona norte e sul e na Biblioteca do CEU). “O processo licitatório foi dividido em duas partes, sendo que a primeira já foi feita com o aparelhamento da Central de Comunicação da Guarda Municipal, por meio dos equipamentos necessários. Agora, está sendo publicada a segunda etapa do processo com o valor de R$ 369.451,94”, explicou o secretário municipal de Defesa Social, Coronel Pedro Ramos.

A licitação foi aberta na modalidade de Concorrência Pública com o valor máximo de R$ 369.451,94. Ela está dividida em quatro lotes. O primeiro refere-se ao Centro Esportivo Maria Cecília e tem como valor máximo R$ 144.363,41, onde devem ser instaladas 19 câmeras fixas e uma speed dome. O segundo é Praça da Juventude Zona Norte com preço de R$ 68.222,19, onde serão instaladas cinco câmeras fixas e duas speed dome  O terceiro é a Praça da Juventude Zona Sul com o custo de até R$ 82.763,15 contando com cinco câmeras fixas e três speed dome e o último lote é o da Biblioteca do Centro de Artes e Esportes Unificados com o custo máximo de R$ 74.103,19, para a instalação de 10 câmeras fias e uma speed dome.

A empresa que vencer o processo de licitação terá 90 dias para executar os trabalhos, a partir da assinatura da ordem de serviço. Entre as ações que devem ser feitas estão a fixação de chapas de aço galvanizado em locais visíveis e no padrão da Prefeitura; a instalação de cabos de UTP, de fibra óptica e de tensão, assim como dos equipamentos necessários como o switch, nobreak e câmeras de segurança com infravermelho.

Além da Secretaria de Defesa Social, o projeto será desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia (SMPOT), Secretaria Municipal de Gestão Pública (SMGP) e com a Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação (SMOP).

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.