Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Secretarias municipais do Trabalho e de Políticas para as Mulheres encaminharam os currículos para vagas oferecidas pelo Grupo Angeloni

A Prefeitura de Londrina aproximou as mulheres vítimas de violência e que são atendidas nos diferentes serviços da Rede Municipal de Enfrentamento à Violência das oportunidades de emprego oferecidas pela SMTER. A ação integrada foi realizada pelas secretarias municipais do Trabalho, Emprego e Renda (SMTER) e de Políticas para as Mulheres (SMPM).

Na sexta-feira (23), a secretária municipal de Políticas Para as Mulheres, Liange Fernandes, esteve na SMTER. Junto com sua equipe, ela foi recebida pelo secretário municipal do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos, para entrega formal dos currículos dessas mulheres. Os documentos foram repassados aos recrutadores da rede Angeloni, cujo processo seletivo está em andamento com participação da SMTER.

A contratação visa novos profissionais para a nova unidade do Angeloni, que será inaugurada em Londrina no próximo semestre. O acolhimento dos candidatos selecionados e as primeiras etapas da seleção ocorrem no prédio da SMTER.

Para o secretário municipal do Trabalho, Emprego e Renda, essa é uma das principais missão do serviço público. “Estamos aqui para fazer com que a Prefeitura atenda o cidadão londrinense de forma ampla. O prefeito Marcelo Belinati tem uma preocupação social muito grande e deixou claro que nossa tarefa é encontrar as melhores formas de aproximar as pessoas das oportunidades de emprego”, explicou Santos.

O secretário destacou ainda que esse atendimento às mulheres vítimas de violência domiciliar ou familiar já é realizado dentro da SMTER. “Há um bom tempo nós já reservamos um horário para atender mulheres que estão enfrentando essa situação e que, mais do que nunca, precisam de um suporte adequado. Temos uma parceria muito importante com a SMPM. Vamos transformar essa ação em um programa permanente e que seja instrumento de transformação na vida dessas mulheres”, pontuou.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios