Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Força tarefa da Secretaria do Trabalho permitiu atender mais de 5 mil trabalhadores desde a retomada das atividades no final de abril

A Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda (SMTER) retomou as atividades presenciais no dia 28 de abril com o principal objetivo de atender a demanda represada de pedidos de habilitação no seguro-desemprego em Londrina. A solicitação de entrada no programa pode ser feita pela internet, mas um volume grande de trabalhadores relataram pelos canais de atendimento da SMTER que foram notificados com pendências e não conseguiram concluir seu processo de forma on-line. Para atender essa demanda, foi montada uma força tarefa exclusiva para o seguro desemprego na abertura da SMTER. Após dois meses do retorno das atividades, mais de 5.000 trabalhadores tiveram seu benefício habilitado pela equipe da Secretaria.

O secretário do Trabalho, Emprego e Renda, Elzo Carreri, explicou como foi o planejamento. “Mesmo com as atividades presenciais suspensas ao público, nós mantivemos a equipe em sistema de rodízio para plantões telefônicos, intensificamos nossas ações on-line de orientação e produzimos materiais que auxiliaram o trabalhador a realizar os processos virtuais, como o Manual para entrada no Seguro Web. Nesse período, identificamos que o maior volume de contatos eram sobre pendências que precisavam ser resolvidas no seguro ou de pessoas com dificuldades em dar entrada pela internet. Com essa informação, começamos a planejar nossa força tarefa para a retomada. Destacamos a maior parte da equipe para o seguro, sem desguarnecer os outros serviços, e isso nos permitiu ampliar a agenda de atendimento de 70 vagas diárias para 200 horários. Essas ações foram fundamentais para termos sucesso em absorver os milhares de trabalhadores que precisavam ser atendidos”, pontuou.

Carreri ressaltou que o seguro teve uma procura muito acima dos números habituais, mas que esse aumento é justificado pelo cenário provocado pelo coronavírus. “O número de pedidos de seguro aumentaram muito, reflexo da pandemia. Além desses 5.089 trabalhadores atendidos na agência, tivemos muita gente que obteve êxito no Seguro Web e não passaram pelo Sine. Já solicitamos essas informações exatas ao Ministério da Economia para termos a real dimensão de trabalhadores que precisaram acessar esse benefício em 2020. É importante mapear a situação para também planejarmos as ações futuras. Londrina tem tido uma condução excelente da crise pelo prefeito Marcelo e temos convicção de que teremos uma recuperação econômica robusta”, declarou.

O secretário destacou ainda que todos os serviços da Secretaria estão disponíveis pelo site www.londrina.pr.gov.br/sine. “Tanto as empresas quanto os trabalhadores encontram no nosso site todos os serviços do Sine. Além disso, temos nossa página de Facebook, a SMTERLondrina, que tem informações diárias e também tira dúvidas. Esse período nos mostrou que as ferramentas virtuais vieram para ajudar muito e, cada vez mais, serão necessárias. Esses instrumentos foram essenciais para que o trabalho continuasse e para que atendêssemos um grande número de trabalhadores, mesmo com o isolamento social”, elogiou.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios