Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Os secretários municipais Marcelo Canhada (Planejamento) e Régis Choucino (Agricultura) acompanharam o movimento dos maquinários na recuperação da estrada Brigada 4

Buscando melhorar o tráfego de veículos nas áreas distritais e facilitar ao agricultor familiar o escoamento de sua produção, a Prefeitura de Londrina está trabalhando para readequar 64 km de estradas rurais na interligação de Lerroville, Guairacá e Paiquerê. A recuperação das pistas nessa região da cidade é possibilitada por um pacote de serviços, viabilizados via convênio do Município com o Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Regional da Bacia do Cafezal (Cidrebac).

Iniciadas na última semana, as atividades do convênio estão concentradas, em um primeiro momento, na estrada Brigada 4, localizada na abrangência do assentamento Eli Vive I, próximo ao distrito de Paiquerê. Os secretários municipais de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, e de Agricultura e Abastecimento, Régis Choucino, estiveram no local com engenheiros e técnicos da Prefeitura para verificar o andamento dos trabalhos e a operação dos maquinários. Junto com eles, estiveram na visita o diretor executivo do Cidrebac, Silvio Damaceno, representando o presidente deste consórcio e prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre.

Ao todo, o conjunto de vias rurais que integram a Brigada 4 forma cerca de 13 km em extensão. As passagens são utilizadas, diariamente, pelos produtores rurais e moradores, incluindo a utilização dos veículos que fazem o transporte escolar das crianças que ali residem. Neste primeiro ponto, os serviços estão previstos para serem concluídos em até 60 dias. A capacidade de execução, por meio do convênio, está estimada em 5 km por mês, aproximadamente, dependendo das condições climáticas ou eventuais intercorrências. A intenção é que os 64 km sejam finalizados em cerca de 10 a 12 meses.

Além dessa estrada, posteriormente, serão contempladas vias como a Estrada Velha, Pininga, Ivo Leão, São José da União e Estrada do Goulart, em cronograma a ser definido. Para executar os serviços deste pacote, a Prefeitura está investindo R$ 400 mil para custeio de operação dos maquinários, o que inclui a contratação temporária de trabalhadores que conduzem os veículos do Cidrebac. Este montante foi liberado pela Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia (SMPOT). Outros gastos, como para combustível e manutenção de equipamentos, são realizados com recursos da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA).

De forma geral, os trajetos dos 64 km que receberão as melhorias pela parceria Prefeitura/Cidrebac são formados com piso de terra e pedras, e encontram-se degradados, desnivelados e inadequados para o trânsito, oferecendo riscos à segurança dos usuários. Conforme a própria população local, principalmente nos dias de chuva, fica inviável o acesso para os distritos próximos.

A readequação das estradas contempla limpeza de terreno, terraplenagem, compactação para firmar o piso, ajustes de lombada e escoamento de água, e, depois o moledamento com cascalho e nivelamento da estrada. As estradas contarão com cerca de 6 metros de largura. Para isso, estão sendo utilizados máquinas como pá carregadeira, trator esteira, motoniveladora, três caminhões, rolo compactador e escavadeira hidráulica.

Segundo Marcelo Canhada, há muitos anos Londrina não via um movimento de melhorias nas estradas rurais como ocorre agora. “Os moradores esperam muito por isso e merecem o retorno dos recursos municipais em serviços de qualidade. Os trabalhos visam garantir o escoamento da safra, proporcionando mais segurança, conforto e transporte escolar de qualidade. Estamos aqui, com diversos maquinários modernos, iniciando uma nova jornada na zona rural. São melhorias muito importantes para os trabalhadores do campo, para trazer melhores condições de tráfego, segurança e conforto aos moradores”, destacou.

Canhada frisou que o convênio com o Cidrebac permite ampliar a capacidade de atuação da Prefeitura nas estradas municipais. Além disso, ele frisou que o Município continua fazendo, com equipes próprias, o mesmo tipo de readequações em outras estradas rurais, hoje em andamento nos distritos da Warta, Guaravera, Maravilha, além do Limoeiro. Ao todo, são cerca de 20 km em trechos recuperados nesses locais. “Conforme o prefeito Marcelo solicitou, pedimos à Secretaria de Agricultura que nos aponte novas estradas para continuarmos com as melhorias, e buscaremos os recursos para ampliar os serviços. Desde o início da atual gestão, estamos fazendo esforços grandes, adquirindo máquinas, contratando operários e dando condições para que a Agricultura possa conservar nossas estradas. Com o convênio, aumentamos a abrangência com mais quilômetros recuperados e pessoas beneficiadas”, completou.

O secretário municipal de Agricultura, Régis Choucino, informou que o plano da Prefeitura é ultrapassar a marca dos 100 km em recuperação de estradas rurais, nos próximos 12 meses, somando os 64 km via convênio com Cidrebac e os serviços próprios. “As melhorias pela SMAA estão sendo feitas, paralelamente, e esperamos ampliar o alcance. Sabemos das dificuldades, mas trabalharemos duro para que a comunidade da zona rural possa desfrutar de estradas de melhor qualidade e acessar mais facilmente os serviços públicos. Os 64 km do consórcio ajudarão a interligar estradas entre Lerroville, Guairacá e Paiquerê, sendo de extrema importância para as famílias que ali vivem”, enfatizou.

Moradores

O agricultor Paulo Rei mora há sete anos na estrada Brigada 4, onde possui uma propriedade. No local, ele produz feijão, milho, alimentos de horta, entre outros. “Uma estrada com melhor qualidade será muito boa para nossa região, para os trabalhadores e moradores em geral. Nos dá mais segurança e facilidade para transitar e carregar o que produzimos”, afirmou.

Tal depoimento é reiterado pelo produtor de leite José Fantin. “A recuperação das estradas rurais nessa área vai ser ótima. Quando chove, isso aqui fica impossível de andar de carro. As crianças, muitas delas pequenas, quando estão voltando da escola e chove precisam completar o trajeto andando. São muitos transtornos e não é fácil, principalmente se temos alguma necessidade ou urgência. Com pista adequada, será outra realidade. Ficamos otimistas com este trabalho”, contou.

Melhorias

Em 2021, a Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA), realizou melhorias e manutenção em mais de 120 km de estradas rurais. O número supera o executado no mesmo período do ano anterior, que somou 330 km atendidos ao longo de doze meses.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.