Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Escola Municipal Roberto Alves Lima Junior está na fase final de construção e Centro de Educação Infantil Nagib Abudi Filho já está em funcionamento

Os moradores de Londrina, que passam pela região leste da cidade, estão vendo o crescimento e a modernização da região. Acompanhando essas mudanças, o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia (SMPOT), Marcelo Canhada, e a secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, foram visitar as obras das unidades escolares, que atenderão a população local.

Está em fase final, a construção da Escola Municipal Roberto Alves Lima Junior, que fica na Rua Akeo Hasuda, 235. A finalização das obras deve acontecer em meados de maio deste ano. A unidade educacional terá 3.412,12m² de área construídas em um terreno de 10.714,84m². A capacidade de atendimento da escola poderá chegar a 1.000 alunos, do P4 ao 5º ano, o que a tornará a maior escola municipal da rede pública de Londrina.

Para atendê-los, estão sendo construídos dois blocos, um deles contendo 12 salas de aula e o outro com mais 6 salas de aula. Haverá espaço para atender adequadamente as pessoas com deficiência, professores, funcionários e alunos, assim como ambientes administrativos, com sala para a direção, supervisão, secretaria, depósito de materiais e área de serviço. A escola terá um refeitório amplo, com cozinha equipada com eletrodomésticos novos e áreas especiais para o preparo de alimentos.

Orçamento e Tecnologia

Além disso, duas quadras poliesportivas, sendo uma delas coberta, atenderão as aulas de educação física e atividades em contraturno escolar e uma horta será feita no jardim, para incentivar o consumo de alimentos saudáveis. “Desde o início do ano letivo, temos 150 alunos matriculadas na escola municipal, mas a capacidade dela chegará perto dos 1.000 alunos, quando finalizada, sendo eles distribuídos nos dois turnos escolares, matutino e vespertino. Nós pretendemos aplicar a metodologia de sala de aula invertida, usando salas virtuais e físicas e investirmos em esporte e cultura, por meio de atividades de contraturno escolar quando isso voltar a ser possível”, explicou o diretor da unidade escolar, Amauri Cardoso.

Durante a visita à escola, o secretário de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, elogiou o prédio que está na fase final de construção e disse que o espaço se compara às escolas privadas, visto sua magnitude e modernidade. “A grandiosidade da escola municipal é notável. Nosso projeto é levar a infraestrutura junto ao crescimento que a região leste está passando. Por isso, tem investimentos na duplicação de quase um quilômetro da Av. Dos Pioneiros, no Arco Leste-trecho 1, que acessa o bairro Acquaville até Ibiporã; tem avenidas duplicadas, iluminação de LED e uma creche modelo para atender bem a população durante muitos anos”, contextualizou o secretário.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, tanto o projeto da escola municipal quanto do Centro de Educação Infantil Nagib Abudi Filho atendem as especificações mais modernas e seguras para as crianças. “São locais modernos, seguros, aconchegantes e muito ventilados, o que é importante, principalmente para quando voltarmos presencialmente. Já temos toda a aquisição de mobiliário e de recursos humanos prontas, para que a gente possa atender aquela área da cidade, que tem crescido bastante, está bem bonita e contemplada com toda a estrutura viária e de educação. Com as duas unidades vamos atender desde bebês até as crianças do 5º ano que será a maior de Londrina”, disse Moraes.

Emerson Dias

CEI

Além da escola municipal, os moradores da região leste receberam um Centro de Educação Infantil Nagib Abudi Filho (CMEI) novinho. Ele já está em funcionamento na Avenida Azilé Miguel Abujamra, 170. A unidade conta com uma área construída de 1.520,21 m², onde foram erguidas 10 salas de aula, além de berçário, lactário, fraldário e salas de multiuso.

Tem também sanitários adaptados a estatura das crianças e às pessoas com deficiência, além de espaço próprio para uso dos professores e funcionários. Há ainda vários ambientes administrativos, divididos entre salas de direção, supervisão, secretaria, sala para os professores, depósito de materiais, e toda a estrutura necessária para o preparo e a alimentação dos pequenos, como cozinha, refeitório, área de preparo de alimentos e área de serviços. O terreno do CMEI tem, ao todo, 3.697,53 m².

Atualmente, a estrutura física do CEI dá suporte aos trabalhos dos profissionais da Escola Municipal Roberto Alves Lima Junior, que fica ao lado e está terminando de ser construída.

Homenagens

A Escola Municipal Roberto Alves Lima Junior, que fica na Rua Akeo Hasuda, 235, homenageia o advogado e servidor de carreira da Prefeitura de Londrina, conhecido como Robertinho. Ele ingressou no serviço público em 2012, por meio de concurso público. Atuou como assessor jurídico da Prefeitura de Londrina, foi assistente da diretoria e presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel). Também trabalhou como presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (IPPUL) sendo responsável por coordenar os trabalhos do Plano Diretor Municipal. Em 16 de abril de 2020, veio a falecer devido às complicações de saúde geradas pelo Lúpus.

Já o Centro de Educação Infantil Nagib Abudi Filho (CEI) presta a homenagem ao filho de imigrantes libaneses, que atuavam no comércio e com o cultivo do café. Nagib nasceu em 1938, no interior de São Paulo, vindo a falecer em outubro de 2011, devido à problemas cardíacos. Ele foi responsável por fundar o clube dos Amigos da Terra, a União Democrática Ruralista, entidade pró agricultura, e, em 2000, a Bolsa de Mercadorias e Futuros de Londrina.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios