Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Todas as regiões da cidade serão iluminadas; mais de 120 atrações culturais estão programadas

Com a proximidade das festas de fim de ano, o clima na cidade vai ganhando um ar diferente e pensando em motivar os cidadãos que residem em Londrina e na região, o prefeito Marcelo Belinati apresentou, ontem (18), a decoração de Natal nas diversas regiões da cidade e a programação cultural para o fim do ano.

Diversos pontos da cidade serão iluminados e terão referências visuais. Entre eles estão: Casa do Papai Noel, na Praça da Bandeira; o Lago Igapó; o Centro Cívico em frente à Prefeitura Municipal e à Câmara de Vereadores, o Museu Histórico Padre Weiss, a Praça Rocha Pombo, a Barragem do Lago Igapó, a Catedral Metropolitana de Londrina, a Avenida Paraná, Rua Sergipe, Avenida Saul Elkind e outros. Haverá 15 estruturas metálicas no formato de árvores de Natal iluminadas com LED. Elas terão 15 metros de altura e serão instaladas nas principais rotatórias, na Praça da Bandeira, no Calçadão, na Avenida Saul Elkind, Centro Cívico e outros pontos.

Uma das árvores  terá 25 metros e ficará no Lago Igapó II. Sua iluminação será acessa no dia 22 de novembro, às 19 horas, marcando solenemente a proximidade das festas de Natal em Londrina. Junto dela haverá um letreiro escrito “Eu Amo o Natal de Londrina”. O objetivo é incentivar a movimentação do comércio, estimular a geração do emprego e renda à população; consolidar Londrina como destino regional de compras, lazer e gastronomia; aumentar o tempo de permanência média de visitantes na cidade; fomentar o clima natalino e, consequentemente, o espírito de bem-estar da população local, bem como dos visitantes.

De acordo com o prefeito, há cerca de duas décadas a cidade não comemorava com a devida atenção a chegada do Natal e do Ano Novo, deixando, assim, de atrair investimentos. Agora, a Prefeitura de Londrina, com o apoio de entidades da sociedade civil,  volta a investir em iluminação natalina e em uma vasta programação cultural.

 “É um investimento na cidade, porque com a decoração de Natal vai aumentar muito o movimento do comércio, será muito bom para os taxistas, motoristas de aplicativo, donos de lanchonetes, bares, restaurantes e lojistas dos shoppings. As pessoas virão para cá, gastarão na cidade, no comércio, e uma parte disso ficará no Município como forma de tributo, geração de renda e de emprego. Sem falar na melhora do ânimo da cidade”, explicou Marcelo.

Três empresas foram contratadas, por meio de licitação, para decorarem a cidade. Para isso, ao todo, a Prefeitura de Londrina investirá R$ 1,6 milhão. Segundo o presidente da CODEL, Bruno Ubiratan, esse montante deve ter um retorno aproximado de R$ 20 milhões. “A cereja do bolo é o Natal. Com a decoração e as atrações, as pessoas vão visitar Londrina, fortalecendo o turismo, o mercado interno, o movimento na cidade. Alguns estudos apontam que cada R$ 1,00 investido, gerará um retorno de R$ 10,00, o que geraria em Londrina em torno de R$ 20 milhões”.

Chegada do Papai Noel

Além de a cidade ficar toda iluminada a partir do dia 22 de novembro, a ACIL está preparando uma carreata para a chegada do Papai Noel na cidade. O Bom Velhinho deve chegar no dia 29 de novembro, Dia do Black Friday na maioria das lojas e pontos comerciais de Londrina, e o comércio ficará funcionando até às 21 horas. No mesmo dia, a ACIL programou a Projeção Mapeada com imagens do Natal para enfeitar as paredes da fachada do antigo Hotel Sahão, em frente à Praça da Bandeira. Ao todo, serão sete dias com projeções que poderão ser vistas às 19h, 20h e 21h.

 “Decoração faz muita diferença para o comércio. É um conjunto com shows, carreatas do Papai Noel, projeções mapeadas, decoração na Casa do Papai Noel e em toda a cidade, abertura do comércio em horário especial, trazendo o público para ver. É o espírito de Natal iluminando a cidade”, afirmou o presidente da ACIL, Fernando de Moraes.

Programação cultural

A partir do dia 5 de dezembro, o comércio permanecerá aberto por mais tempo, até as 22 horas. Além disso, a Secretaria Municipal de Cultura organizou, em parceria com instituições e entidades, uma agenda completa de atividades culturais que estarão, em sua maioria, cadastradas no aplicativo de celular e no site Londrina Cultura.

Haverá exposições de artes plásticas, fotografia e literatura; lançamentos de livros e contações de histórias; Cantata de Natal; shows e apresentações musicais; festival gastronômico; feiras; oficinas; espetáculos; Espetáculos de dança, teatro e circo; atividades de cinema; eventos das culturas negra, indígena e japonesa; apresentações de corais, Auto de Natal e Projeções Mapeadas.

Serão realizados mais de 120 eventos, com atrações em 34 diferentes pontos diferentes da cidade, como escolas, igrejas, espaços públicos, teatros, bares e vilas culturais e inclusive nos distritos de Maravilha e da Warta. Cerca de 30 instituições, projetos e empresas estão envolvidos na programação e cinco eventos do calendário cultural recebem o apoio da Secretaria Municipal de Cultura. São eles: SESI Música, Feira Afrocriativos, 34ª Mostra Afro-Brasileira Palmares, as cinco apresentações de Corais e da Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina (OSUEL), que acontecerá no Museu Histórico de Londrina.

A realização do Natal de Londrina cabe à Prefeitura de Londrina, por meio do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (CODEL), e conta com a parceria dos profissionais das secretarias municipais de Cultura, Defesa Social, Gestão Pública e Obras e Pavimentação, além da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) e da Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL).

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios