Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Com ações especiais durante todo o mês, a iniciativa quer incentivar os homens a prevenirem doenças e cuidarem melhor da saúde

Para incentivar a população masculina a cuidar mais da própria saúde, a Prefeitura de Londrina participa da Campanha Novembro Azul. Embora o enfoque seja na prevenção e diagnóstico precoce de vários tipos de câncer, o objetivo principal da iniciativa é oferecer informações que motivem os homens a adotarem hábitos saudáveis em sua rotina.

Reforçando a campanha, vários pontos de Londrina estão com iluminação especial neste mês. Locais importantes como o viaduto da Avenida Dez de Dezembro e o Monumento O Passageiro, Concha Acústica, Lago Igapó 2, Praça da Garça na Avenida Maringá e o Monumento Bíblico são alguns deles. Este trabalho é desenvolvido pela Sercomtel Iluminação.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promove o Novembro Azul. Qualquer usuário pode comparecer nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), exceto as que são exclusivas para quadros respiratórios, e fazer uma avaliação. É importante checar, como rotina, se a vacinação está em dia; índices de glicemia, colesterol e triglicerídeos; aferir a pressão arterial; peso corporal; entre outros cuidados.

E usuários que queiram deixar de fumar podem procurar a UBS mais próxima de sua residência para orientação individual sobre tabagismo. As unidades também ofertam aconselhamento sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), testagem rápida ou sorologia para HIV, Sífilis e Hepatites B e C, além de preservativos masculino e feminino.

O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, ressaltou que a campanha Novembro Azul é fundamental para conscientizar a população masculina sobre os cuidados da saúde. “Sabemos que os homens, via de regra, buscam menos atendimento assistencial do que as mulheres, por isso a importância da campanha. As ações abordam diversos temas, em especial a prevenção ao câncer de próstata, que ainda é um tabu. Muitos deixam de fazer a prevenção por desinformação, sendo que o diagnóstico precoce e um tratamento adequado elevam as chances de cura”, disse.

Sobre o câncer de próstata, que é o segundo tipo mais comum entre os homens no país, pessoas com mais de 55 anos, com excesso de peso e obesidade têm mais risco de desenvolver. Mas é possível prevenir a doença, por meio da prática de atividades físicas, alimentação saudável, não fumar e evitar consumo de bebidas alcoólicas.

Geralmente, o câncer de próstata não apresenta sinais e sintomas, e possui uma evolução muito lenta. Mas o diagnóstico precoce desse tipo de câncer reflete em tratamentos com melhores resultados, aumentando as chances de cura.

Por isso, a recomendação é que os exames sejam realizados em casos onde o paciente tenha dificuldade de urinar, diminuição do jato de urina, necessidade de urinar mais vezes, ou ainda se tiver sangue na urina. Esses sintomas podem se apresentar por conta de outras doenças, não apenas o câncer de próstata, e devem ser investigados pelo profissional de saúde.

Servidores

Na Prefeitura de Londrina, entre administração direta e indireta, são mais de 10.300 servidores e servidoras. Deste total, pouco mais de 2.500 são do sexo masculino. Como parte da campanha de conscientização, a Diretoria de Saúde Ocupacional, da Secretaria Municipal de Recursos Humanos (SMRH), lançou a Semana Azul. Entre os dias 16 a 20 de novembro, na próxima semana, a SMRH convida todos os servidores da Prefeitura a registrarem uma foto utilizando peça de roupa ou acessório na cor azul.

A foto deve ser enviada para o e-mail seguranca.trabalho@londrina.pr.gov.br ou no WhatsApp (43) 9 9985-1370. Também vale registrar a imagem junto de uma figura masculina que seja importante para o participante da ação, seja familiar ou não. As imagens recebidas serão divulgadas posteriormente, em um mural.

Segundo a diretora de Saúde Ocupacional da SMRH, Liz Dayane Rodrigues, o Novembro Azul, voltado aos homens, é tão importante quanto o Outubro Rosa, que chama a atenção para o cuidado das mulheres. “Meu pai descobriu esse ano o câncer em estágio avançado, e ainda está se recuperando da cirurgia que ocorreu em fevereiro. Então é preciso se cuidar, pois é uma doença silenciosa. Sabemos que os homens não têm o hábito de ir ao médico, mas é preciso fazer alguns exames periódicos, então vamos chamar a atenção deles para isso, para que se cuidem. Quando o homem está bem, isso se reflete na sua família e no ambiente de trabalho. Queremos que eles façam as ações preventivas, os exames, consigam o diagnóstico precoce e evitem a gravidade da doença”, destacou.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios