Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Obra de ampliação deve ser iniciada em meados de março, assim que for concluída a instalação de terminal provisório na Avenida Sylvio Barros

A Prefeitura de Londrina iniciou planejamento prévio das obras de reconstrução e ampliação do Terminal Urbano Milton Gavetti. Licitada com valor final de R$5,817 milhões, a reconstrução deve iniciar na segunda quinzena de março, assim que for finalizado o terminal provisório. Ontem (20), representantes das secretarias municipais de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Obras e Pavimentação (SMOP), Gestão Pública, Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), e da construtora Regional Planejamento e Construções Civis, que executará os serviços, se reuniram para definir as primeiras atividades.

De acordo com o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, esse alinhamento entre todas as áreas envolvidas é necessário para a definição do plano de trabalho, antecipando quais medidas devem ser aplicadas para o bom andamento dos serviços. “Essa é uma determinação do prefeito Marcelo Belinati, e que estamos aprimorando, envolvendo todas as secretarias e órgãos envolvidos no processo de uma obra de infraestrutura como essa. A reconstrução desse terminal irá afetar centenas de pessoas, por ali trafegam muitos veículos, e há um shopping ao lado, então é preciso começar e encerrar dentro do prazo. Em busca disso, estamos discutindo tudo que envolve essa obra, como ela será executada, quais as etapas e prazos. Isso serve não só para evitar atrasos, mas também minimizar o impacto que uma intervenção desse porte pode trazer”, ressaltou.

Uma das primeiras ações necessárias para a reconstrução é a instalação de um terminal provisório. O diretor de Transporte da CMTU, Wilson de Jesus, adiantou que ele ficará na Avenida Sylvio Barros, ao lado da obra. “Isso deve facilitar o acesso do usuário nas proximidades do terminal, ou seja, mesmo com as obras o usuário não precisará se deslocar para outra região e realizar seu embarque, desembarque e a integração com outras linhas”, citou.

A CMTU fará ainda a sinalização do entorno, inclusive viária, por conta das mudanças no trânsito. “Faremos a sinalização viária das áreas de interdição da Avenida Sylvio Barros, tanto no sentido centro como no sentido região norte, e vai haver ali uma modificação no acesso, tanto dos ônibus como dos demais veículos. Nossa previsão é no dia 16 de março iniciar o uso do terminal provisório, para que comecem as obras de reconstrução do novo terminal”, explicou.

A nova estrutura do Terminal Urbano do Milton Gavetti vai ampliar a área total, com mudanças na cobertura e construção de nova pista para tráfego dos ônibus. A expectativa é oferecer mais conforto aos usuários, e acomodar um número maior de pessoas.

O prazo máximo para a reconstrução do termina do Milton Gavetti é de 330 dias, contados a partir da emissão da Ordem de Serviço.  “A reconstrução deve iniciar pela demolição da cobertura. Esse será o primeiro trabalho que a construtora deverá fazer para, efetivamente, fazer as marcações das pistas, iniciar a construção e fazer as bases. O terminal terá uma terceira pista, a área de cobertura será maior, com telhas termoacústicas para minimizar o calor dentro da edificação, entre várias outras melhorias”, citou o diretor de Edificações Públicas da SMOP, Fernando Tunouti.

Para o diretor Técnico da Regional, José Marcos da Rocha, o encontro de ontem (20) foi muito produtivo. “Hoje tivemos essa reunião inicial, para identificar quais as primeiras medidas que devem ser tomadas pela Prefeitura e pela empresa. Ao longo das próximas semanas discutiremos o plano de trabalho em si, com as atividades que serão executadas lá no terminal. É uma obra importante, que vai afetar a comunidade ao redor do terminal. É muito bom que as partes se envolvam de forma produtiva, e que haja uma sinergia entre a empresa e a Prefeitura. Assim, os problemas que surgirem serão solucionados rapidamente, e dentro da normalidade do processo”, concluiu.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios