Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Município é parceiro do SESC na realização da Campanha do Agasalho de 2021; população pode conferir os pontos de entrega de doações no site da campanha

Com a chegada do inverno e a queda das temperaturas, a necessidade por roupas mais grossas e quentes aumenta, principalmente para a população mais vulnerável. Pensando nisso, a Prefeitura de Londrina está reforçando a divulgação da Campanha do Agasalho de 2021, realizada anualmente pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) e apoio da Prefeitura.

As pessoas que quiserem ajudar podem doar roupas de inverno, moletons, calçados e cobertores. Há dois pontos de entrega de materiais pela Prefeitura de Londrina. Um deles está no piso térreo da sede administrativa da Prefeitura, na Avenida Duque de Caxias, 635, no Centro Cívico, e o outro fica na sede da Fundação de Esportes de Londrina (FEL), situada à Rua Gomes Carneiro, 315.

Além desses dois pontos, a partir dessa semana, a Câmara Municipal de Londrina colocou caixas de coleta na recepção do Legislativo, para receber as doações dos servidores e do público em geral. As cinco sedes do Sesc Londrina também estão arrecadando os materiais, além do Sismepar, Secovi Londrina, Mercadão da Prochet e diversos outros lugares. Para conferir aquele que fica mais próximo de você, basta acessar o site da campanha aqui. 

Essa é a 13ª edição da Campanha do Agasalho, que conta com o tema “Onde há calor, há mais vida”. Segundo o presidente da FEL, Marcelo Oguido, a expectativa é que a arrecadação de vestimentas, calçados e cobertores seja grande e consiga ajudar diversas instituições sociais, principalmente, neste ano, em que o país enfrenta uma crise econômica e social trazida com a pandemia do novo coronavírus.

“Com o momento em que vivemos, acredito que as pessoas estão mais humanas, empáticas e solidárias. Minha expectativa é termos um resultado significativo para comunidade. Acredito que quem doa sem retorno, cresce como ser humano, além de ter um sentimento único, que é melhor para quem doa do que para quem recebe. É um ato de amor de Deus”, disse Oguido.

Como funciona

Os cidadãos que querem ajudar precisam levar as doações de segunda a sexta-feira, em um dos pontos de recolhimento. É preciso que elas estejam embaladas em sacos plásticos e, de preferência, que estejam limpas, para facilitar a seleção das peças.

Todos os materiais doados serão selecionados e depois encaminhados para as entidades sociais, que atendem  famílias em situação de vulnerabilidade econômica e social. Atualmente, há mais de 50 instituições cadastradas, como a Casa Acolhedora, Casa do Caminho, Epesmel, Morada de Deus e o Instituto Vicentinos do Brasil.

Segundo dados oficiais do Sesc, no ano passado, a Campanha do Agasalho arrecadou mais de 1 milhão de peças de roupas, calçados e cobertores. Isso possibilitou ajudar 564 instituições sociais, que atendem mais de 160 mil pessoas em todo Paraná. Neste ano, até o momento, quase 43 mil roupas, calçados e cobertores foram doados para a campanha, que prossegue até o dia 27 de agosto.

Empresários

Além da população em geral, neste ano, as empresas também podem participar. Basta se inscrever pelo site da Campanha do Agasalho e fornecer informações como: nome da empresa, localidade, quantidade de peças a serem doadas e um e-mail para contato.

Dia D

Assim como aconteceu em 2020, neste ano, durante o mês de julho, será realizado um sábado de arrecadação em diversos bairros. O Exército do Brasil, por meio do Tiro de Guerra, é parceiro e ajudará na arrecadação. Na semana do dia 17 de julho, haverá a divulgação da campanha e do Dia D, por meio de um carro de som. No ano passado, quase 200 mil peças foram arrecadadas nesta ação.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios