Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Cerca de 300 idosos receberão o certificado em cerimônia na próxima segunda-feira (8)

Nesta segunda-feira (8), às 8 horas, será realizada a cerimônia de entrega de certificados do curso Idoso Conectado – Aprenda sobre o uso do celular e as tecnologias no smartphone, que auxilia os participantes a terem mais conhecimento sobre os aparelhos celulares e os aplicativos disponíveis no mercado. A ação irá ocorrer no Centro de Convivência da Pessoa Idosa (CCI) Norte, na Luiz Brugin, 570. Cerca de 300 idosos receberão o certificado.

A cerimônia deve contar com a presença do prefeito Marcelo Belinati e da secretária municipal do Idoso, Andrea Ramondini. Também foram convidados os familiares dos idosos, usuários dos CCIs e de grupos da cidade. Desde que iniciou, em 2017, o projeto já formou mais de 1.000 idosos.

A iniciativa é desenvolvida pela Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal do Idoso, em parceria com a Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar), que disponibiliza a equipe de instrutores que conduzem o curso e o material didático para as aulas, com apostilas pensadas exclusivamente para atender o público idoso. Também conta com apoio da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, por meio da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), e da Sercomtel Telecomunicações.

A secretária municipal do Idoso, Andrea Ramondini, destacou que este é um projeto iniciado na gestão do prefeito Marcelo Belinati, para atender os interesses e necessidades dos idosos. “É um dos cursos de maior procura nos CCIs e já formou mais de 1.000 idosos. A Secretaria tem feito todo um trabalho para melhorar esta capacitação, para ampliar as vagas e atender melhor o público idoso”, enfatizou.

Segundo o gerente de Atenção à Pessoa Idosa, Cleir Brandão, a capacitação ajuda os participantes a terem mais conhecimento sobre os aparelhos celulares e aplicativos. “São repassadas tanto orientações básicas, sobre como ligar o aparelho, fazer ligações e adicionar novos contatos, até manusear aplicativos e redes sociais. Além disso, os idosos podem levar demandas específica para a capacitação”, explicou.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios