Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Atualmente o trajeto é feito sobre tubulação de concreto, em uma única pista; a nova obra vai facilitar o escoamento da produção agrícola, transporte escolar de crianças e acesso dos moradores a serviços de saúde

A Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação (SMOP) vai abrir, no dia 25 de janeiro, licitação para a construção de uma ponte sobre o Córrego Água do Gramadinho, localizado entre o distrito de Paiquerê e o patrimônio de Guairacá.

Há muitos anos a travessia naquele ponto é feita sobre uma tubulação de concreto, formada por duas linhas de 1 m de diâmetro. Durante as fortes chuvas de 2016, a estrutura foi bastante danificada, assim como o solo da área, onde surgiu uma erosão. Por isso, desde então o tráfego tem sido realizado somente em uma única pista.

Com o objetivo de proporcionar a motoristas e pedestres um trajeto mais seguro e confortável, a SMOP construirá, no local, uma ponte de concreto armado, com 21 metros de comprimento por 16 metros de largura. Para que os moradores da região não sejam prejudicados em seu dia a dia, a estrutura será feita em duas etapas: primeiro, será implantada uma das novas faixas, ao lado da pista atual; em seguida, a parte antiga da estrada será removida para a construção do restante da ponte. O prazo de entrega dos trabalhos é de 150 dias, contados após a assinatura da ordem de serviço.

Segundo o diretor de Projetos da Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação, Fernando Bergamasco, a estrutura foi planejada levando em conta a segurança e os benefícios proporcionados à população local. “O projeto é adequado à vazão das águas do Córrego Água do Gramadinho, que pode se intensificar bastante durante períodos de chuvas. Além de permitir o escoamento da produção agrícola, a estrutura será utilizada para o transporte escolar das crianças e também pelos moradores que precisam de acesso aos serviços de saúde. Por isso, trata-se de uma estrada muito importante, que vai ligar aquela área ao restante do município de forma segura, acessível e conveniente”, disse.

Licitação

Com um investimento máximo de R$ 1.756.984,35 – proveniente do Fundo Municipal de Saneamento – a licitação será realizada na modalidade tomada de preços.

As empresas interessadas devem realizar a entrega dos documentos solicitados na Sala de Licitações do Município (localizada no piso térreo da sede da Prefeitura) no dia 25 de janeiro, até as 13 horas. Na mesma data, serão abertos os envelopes contendo a documentação e as propostas das licitantes e realizada a análise, julgamento e classificação.

Os participantes que forem desclassificados ou não concordarem com o resultado do processo terão um prazo de cinco dias úteis para interpor recursos. Para conferir o edital completo, clique aqui.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios