Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Atividade gratuita terá como foco a produção de alimentos e a construção de um empreendimento; as inscrições podem ser feitas pelo telefone (43) 3378-0111

Na próxima quarta-feira (17), das 14h às 16h, as mulheres interessadas em aprender a organizar um Plano de Negócios na área de alimentação poderão participar da primeira aula da oficina realizada pela Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, e pelo Núcleo de Extensão Tecnológica em Alimentos (Nextal) da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

O objetivo é oferecer assistência técnica na área de alimentos para mulheres empreendedoras. Durante a iniciativa, as participantes vão aprender  o passo a passo da produção de alimentos, assim como a analisar a viabilidade de um negócio, definir corretamente o público-alvo, cativar e manter os consumidores, verificar quais são as melhores ferramentas para divulgar os produtos e como anunciá-los.

Como a elaboração de um Plano de Negócios envolve diversos aspectos, a atividade será uma capacitação continuada, em que os encontros serão semanais e totalmente on-line. Eles acontecerão pela plataforma Google Meet, sempre às quartas-feiras, das 14h às 16h. As mulheres que desejam participar precisam se inscrever pelo telefone (43) 3378-0111, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h. Tanto a inscrição quanto o curso são gratuitos. A oficina é um oferecimento da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, por meio do Centro de Oficinas para Mulheres, em parceria com a UTFPR, campus Londrina.

O docente da atividade será o coordenador do Núcleo de Extensão Tecnológica em Alimentos da UTFPR, Paulo de Tarso de Carvalho. Ele é formado em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e doutor em Ciências Agrárias pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Já foi chefe do Departamento de Relações Empresariais e Comunitárias da UTFPR, professor em cursos técnicos de Tecnologia de Alimentos, prestou consultoria para microempresas do setor alimentício e desenvolveu projetos de extensão junto aos produtores rurais e grupos de economia solidária.

Na aula inaugural do curso, ele ensinará as alunas a produzirem biscoitos amanteigados. Na semana seguinte, a atividade será sobre a produção de pães caseiros. Na sequência, os ensinamentos vão abordar a confecção de cookies. Já na quarta semana de aula, as alunas aprenderão sobre o pão integral e sua produção. Na quinta e última sessão, as participantes terão acesso as dicas e modos corretos de se produzir pães de mel.  “Após as oficinas de produção de alimentos, o projeto continuará. Então, no decorrer do ano, as mulheres continuarão recebendo a assessoria  técnica dos profissionais da UTFPR, para ajudá-las a montar seus negócios e a empreender. A ideia é trazermos sempre novidades na área da capacitação, para o mundo do trabalho e para a geração de renda, por meio do Centro de Oficinas para Mulheres”, destacou a  psicóloga da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Lisnéia Rampazzo.

A secretária municipal de Políticas para as Mulheres de Londrina, Liange Doy Fernandes, lembrou que a ação integra a programação do Mês da Mulher e pretende auxiliar as participantes a empreenderem. Novas capacitações e atividades estão previstas, para o próximo mês, e devem ser divulgadas em breve. “Os cursos que disponibilizamos para as mulheres estão entre os três eixos de trabalho da Secretaria da Mulher, que são o enfrentamento à violência, a ação formativa e a articulação de políticas públicas transversais. Nós esperamos que as mulheres se sintam estimuladas a participar dessa oficina, que visa incentivar o empreendedorismo feminino, e que venham participar do projeto”, convidou a secretária da pasta.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.