Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Profissionais, que devem iniciar os trabalhos em 1º de abril, ajudarão a atender cerca de 45 mil alunos da rede municipal de ensino

Nesta quinta-feira (25) e sexta-feira (26), a partir das 8 horas, os candidatos aprovados no Teste Seletivo nº 086/2019 – voltado aos cargos de professor de educação física, educação infantil e do ensino fundamental – devem realizar o aceite da vaga, escolha do local de trabalho e encaminhamento para a perícia médica admissional da Prefeitura Municipal de Londrina.

O chamamento segue a ordem de classificação dos candidatos e o horário pré-determinado para cada profissional pela Secretaria Municipal de Recursos Humanos (SMRH). Os interessados podem conferir o edital e os horários aqui. Todos devem se apresentar na quadra poliesportiva da Escola Municipal Maria Carmelita Vilela Magalhães, localizada na Rua Maurício de Nassau, 329, no Jardim Mazzei I. A entrada será pelo portão da quadra, na Rua Coronel Camisão.

A intenção do agendamento é evitar possíveis aglomerações e prevenir a transmissão da COVID-19. Por isso, os professores devem obrigatoriamente usar máscaras de proteção, levar suas próprias canetas esferográficas, usar álcool em gel para higienizar as mãos, comparecer sem acompanhantes e somente no horário determinado pelo edital. Além disso,  é preciso ter em mãos, para o aceite da vaga, o documento original de identidade com foto (RG), o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e a Ficha de Informações, preenchida, para o exame pré-admissional (Anexo II do edital). Segundo a secretária de Recursos Humanos, Julliana Faggion Bellusci, a perícia já está agendada e será realizada pela Diretoria de Saúde Ocupacional (DSO), no prédio da Caapsml.

Ao todo, a Prefeitura de Londrina contratará 198 professores temporários para atender as demandas prioritárias da rede municipal de ensino durante este ano. Dentre as vagas, 111 serão destinadas a professores do ensino fundamental, 76 para a educação infantil e 11 para educação física. Todos os profissionais aptos deverão iniciar os trabalhos no dia 1º de abril, e aqueles que não comparecerem estarão desclassificados automaticamente.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, as vagas ofertadas são prioritárias e serão preenchidas conforme a necessidade da pasta. Por isso, os profissionais contratados substituirão, temporariamente, aqueles que se encontram em licença médica prolongada, afastamento por tempo determinado, licença maternidade ou, ainda, os que possuem laudo de readaptação funcional provisório ou que pretendem se aposentar no início deste ano.

“Essa contratação acontece normalmente, conforme o vencimento dos contratos anteriores. Ela é necessária, mesmo em tempos de pandemia, pois as atividades escolares continuam através do ensino remoto. Os professores municipais vêm atendendo todos os alunos com vídeoaulas, materiais impressos e atendimentos individualizados presenciais para casos específicos. Estamos seguindo todas as leis que dizem respeito ao número de alunos atendidos por cada profissional”, explicou a secretária de Educação.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios