Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Também será fiscalizada as obras de revitalização da avenida Winston Churchill, na região norte

A Prefeitura de Londrina realiza nova etapa de vistorias para acompanhar o desenvolvimento de obras públicas em andamento na cidade. Os secretários municipais de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, de Gestão Pública, Fábio Cavazotti, e de Obras e Pavimentação, João Verçosa, visitam três obras.

A primeira fiscalização feita nas obras de construção da Cidade Industrial de Londrina. Em fase inicial, a execução abrange os serviços preliminares de infraestrutura. No momento, a empresa contratada pela Prefeitura realiza trabalhos de limpeza do terreno onde serão criadas as ruas internas e passeios deste complexo, que está sendo construído do zero na região noroeste da cidade.

Essa primeira etapa da obra conta com a demarcação do loteamento e prepara o local para receber, posteriormente, terraplenagem e drenagem para construção das redes de galerias pluviais. As intervenções incluirão toda a pavimentação asfáltica, rede de água e coleta de esgoto, energia elétrica e iluminação pública com sistema LED. O projeto também contempla plantio de árvores e gramado, calçadas e ciclovia.

O condomínio industrial está sendo implantado no prolongamento da avenida Saul Elkind, sentido Cambé, e terá área total de 1,1 milhão de m², com estrutura para abrigar 90 empresas. A expectativa é gerar 12 mil empregos. Serão quase 400 mil m² em área a ser construída, mais de 82.500 m² apenas em pavimentação, além de áreas verdes e fundos de vale, que serão preservados.

Ao todo, a Prefeitura investirá cerca de R$ 24 milhões para executar a construção deste empreendimento. A previsão de entrega é para maio de 2022. A realização dos serviços é responsabilidade da Construtora e Incorporadora Squadro, contratada via processo licitatório.

Trincheira da Av. Rio Branco x Leste-Oeste

Visita às obras de construção da trincheira com túnel no cruzamento das avenidas Rio Branco e Leste-Oeste. Os trabalhos começaram no final de janeiro. Há equipes e máquinas trabalhando em diferentes frentes para a execução da primeira parte do projeto, que inclui revitalização de galerias pluviais, recuperação asfáltica, construção da base de contenção do novo túnel, ciclovia, entre outros serviços.

O investimento total da Prefeitura ultrapassa os R$ 25 milhões, que serão aplicados para viabilizar uma das maiores e mais importantes obras viárias das últimas décadas em Londrina. O ponto de ligação entre a Leste-Oeste e a Rio Branco ganhará um túnel em concreto, por meio de intersecção em desnível, para a passagem de veículos que dará mais fluidez ao tráfego de uma das áreas mais movimentadas da cidade, por onde passam milhares de veículos diariamente. Além da nova trincheira viária, a obra também inclui pavimentação reforçada, ciclovia, novo sistema de drenagem e iluminação em LED, tudo isso contribuindo para a implantação do Sistema de Transporte Urbano BHLS (Superbus).

Neste momento, a empresa contratada, a TCE Engenharia, continua realizando serviços de execução de galerias pluviais ao longo da avenida Rio Branco, no sentido norte-centro, a partir do viaduto da BR-369, e também próximo à avenida Leste-Oeste. As melhorias no sistema de drenagem haviam sido feitas, anteriormente, em trecho da avenida Winston Churchill, que vem sendo toda revitalizada e recebendo diversas melhorias por meio de outra obra da Prefeitura. Este trabalho agora irá contemplar toda a extensão da avenida Rio Branco, totalizando 3.683 metros em extensão de tubulações.

Paralelamente, estão sendo construídos trechos de ciclovia no canteiro da Rio Branco, com estrutura concretada e adequações para acessibilidade. Ao todo, haverá 1,5 km de ciclovia, compreendendo trechos antes e após da rotatória com a Leste-Oeste.

Já na área principal da obra, onde será construído o túnel, as equipes começaram os trabalhos de implantação da cortina de contenção, que é a base estrutural da chamada trincheira. Iniciaram as colocações das estacas para preparar as paredes do túnel, que terá mais de 600 estacas apenas para construir a fundação. A estrutura terá 4.618 m² em contenção em concreto armado e 1.167 m² de pavimento novo na passagem pelo túnel também nas áreas de pontos de ônibus. Serão aplicadas 6.600 toneladas de massa asfáltica.

Para permitir os trabalhos, foi feita uma interdição em um trecho da avenida Leste-Oeste, pouco antes da rotatória com a Rio Branco, para quem trafega no sentido Cambé-centro. Neste ponto, o trânsito está bloqueado, e o desvio pode ser feito pela rua Guilherme da Mota Corrêa. Quem deseja ir para a parte central da cidade pode utilizar a avenida do Sol, por exemplo, entre outras vias que permitem o deslocamento até a avenida Rio Branco e Tiradentes.

Winston Churchill

A fiscalização integrada da Prefeitura ocorre na avenida Winston Churchill, onde as obras de revitalização caminham para as últimas etapas, com cerca de 80% de serviços concluídos. A reconstrução de toda a rede de galerias pluviais dessa via, um dos pontos principais da obra, foi concluída e agora está sendo feita a finalização da parte de pavimentação. Os trabalhos estão concentrados na aplicação de capa asfáltica em trechos entre a avenida Henrique Mansano e a rotatória do Terminal Ouro Verde.

Também está sendo realizada a recomposição de meio-fio e calçadas em alguns pontos da avenida, bem como a sinalização viária. E a ciclovia está sendo concluída, em trecho que vai da avenida das Nações até o Terminal Ouro Verde. A Prefeitura investe mais de R$ 10 milhões para realizar todas as melhorias. Os serviços estão sendo executados pela empresa Weiller Construção Civil, que tem prazo de entrega até meados de maio de 2021.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios