Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

No treinamento on-line desta quinta-feira (23), os participantes vão aprender como disputar R$ 7,5 milhões nas licitações municipais

A Prefeitura de Londrina abriu inscrições para a 14ª Oficina Mão na Massa, do Programa Compra Londrina. O treinamento é voltado a empresas e distribuidoras de material de expediente e papelaria interessadas em disputar licitações. A oficina está marcada para esta quinta-feira (23), das 14h às 15h30.

A Oficina Mão na Massa é inteiramente on-line e gratuita: as empresas interessadas precisam apenas se inscrever e ter um computador com internet, áudio e vídeo para interagir com a equipe do Programa. Os participantes vão aprender, do zero, a disputar as compras públicas da Prefeitura, com acesso a todo o passo a passo e entendimento dos documentos necessários.

O Programa Compra Londrina é uma aliança entre a Prefeitura de Londrina, Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), Sebrae-PR e Observatório de Gestão Pública (OGPL), para incentivar as empresas locais à disputa de vendas e de contratos com os poderes públicos. A iniciativa tem foco no desenvolvimento local e faz parte do Programa de Retomada da Economia de Londrina Pós-Covid19.

O formulário de inscrição on-line pode ser preenchido no endereço bit.ly/oficina23set_mat_expediente. Para dúvidas sobre as inscrições e a oficina, basta acionar o WhatsApp (43) 9 9150-1110 ou o telefone 3372-4606 (a partir das 12h). Após a inscrição, a empresa interessada receberá o link da sala virtual para a Oficina desta quinta-feira (23).

Segundo o coordenador do Programa Compra Londrina na SMGP, Marcelo Frazão, o treinamento ensinará, de forma simples e acessível, todas as etapas do processo de licitação e suas exigências legais. “O setor de papelaria e materiais de escritório em Londrina foi um dos mais afetados pela crise econômica na pandemia. Houve uma quebra geral no segmento, que passa por muitas dificuldades. A expectativa do Programa Compra Londrina é fazer com que as empresas locais tenham chance de se recapitalizar com vendas para abastecer a Prefeitura”, explicou.

Mais de R$ 7,5 mi em disputa

A expectativa da Secretaria Municipal de Gestão Pública (SMGP) é atrair empresas locais e regionais para a licitação que deve ser aberta em breve. O montante em disputa deve ultrapassar R$ 7,5 milhões em materiais.

As compras envolvem centenas de itens de materiais de escritório para os setores administrativos da Prefeitura e para abastecer a rede municipal de ensino, por meio da Secretaria Municipal de Educação.

São mais de 120 lotes de materiais como canetas, corretivos, envelopes, cadernos, papel sulfite, pinceis atômicos. Do total de lotes, 110 são exclusivos para disputa apenas por Microempresas (MEs), Empresas de Pequeno Porte (EPP) e MEIs de Londrina e Região Metropolitana. Grandes empresas e empresas de outros municípios poderão disputar apenas 10 dos lotes.

O menor bloco de negociação é o de alfinetes, avaliado em R$ 908 para disputa pelas empresas. Já o maior tem valor de R$ 635 mil para disputa pela venda de mais de 200 mil cadernos. As empresas que vencerem tornam-se fornecedoras da Prefeitura de Londrina pelo período de um ano.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.