Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Maior rede de farmácia com capital fechado do Brasil deve inaugurar 20 lojas em Londrina durante 2022; ela é a maior no segmento em toda região sul

Ontem (25), o prefeito Marcelo Belinati, recebeu a visita do coordenador-regional da rede de Farmácias São João, Alex Delfim, e do gestor de obras, Jonas Freitas. Eles vieram anunciar a instalação de mais 19 lojas em Londrina, até o final de 2022, totalizando 20 novas farmácias, 500 contratações diretas e um investimento de R$ 1,8 milhão por unidade.

Há cerca de um ano, a rede de farmácias já tem uma loja instalada em Londrina, na Rua Quintino Bocaiuva, 769, no Centro. A próxima deve ser inaugurada no dia 20 de outubro, na Avenida dos Pioneiros e outras três serão instaladas até o final de 2021. Elas estarão nas proximidades do Aeroporto, na Praça João Negrão; assim como na Avenida Sylvio Barros (próxima a Rodovia Carlos João Strass) e em frente ao Hospital Universitário da Universidade Estadual de Londrina (HU/UEL). Para cada unidade devem ser contratados entre 18 e 20 funcionários.

Sobre isso, o prefeito lembrou a importância dos investimentos e se colocou à disposição da rede farmacêutica. “Essas 20 lojas significam um investimento importante para nosso município e mostra como a cidade está crescendo, se desenvolvendo e se tornando atrativa para os investidores. São mais profissionais contratados para a construção das obras, para o trabalho de atendimento ao público, para a compra de insumos, enfim, Londrina só tem a ganhar e tem espaço para todos”, disse o prefeito Marcelo.

O gestor de obras da rede farmacêutica, Jonas Freitas, explicou que, após a análise de viabilidade e o planejamento de expansão de novas lojas, a empresa sempre busca contratar profissionais da própria cidade onde se instalará, para valorizar a mão de obra local e investir no economia regional. “Para nós, é muito importante contratarmos profissionais locais, como a arquiteta Márcia Klusinski, que é de Londrina e está nos ajudando nas obras da próxima loja. Por unidade, contratamos geralmente de 50 a 60 pessoas para trabalhar na construção e procuramos comprar em empresas locais”, explicou Freitas.

No Paraná, são 53 lojas espalhadas por diversas cidades, como Apucarana, Arapongas, Cambé, Marialva, Sarandi e outras. Além dessas, seis serão abertas em Maringá e duas novas em Arapongas nos próximos meses. Ao todo, são 855 farmácias em funcionamento no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, o que faz da empresa a maior rede de farmácias da região sul do Brasil e a maior de capital fechado do país.

Segundo o coordenador-regional da rede de Farmácias São João, Alex Delfim, a escolha por Londrina deu-se por vários motivos. Um deles foi a percepção que, nos últimos 10 anos, a cidade aumentou o número de habitantes em 70 mil pessoas, demonstrando um crescimento rápido e o outro ponto levado em consideração foi a importância do Município diante das demais cidades paranaenses. “Londrina é a segunda maior cidade do Paraná e um polo regional, que todos usam como referência. É difícil encontrarmos uma cidade que está crescendo e se desenvolvendo tanto, quanto aqui. O fato de ter mão de obra qualificada também é uma vantagem. A gente se sente bem acolhido pela Prefeitura e pela cidade”, afirmou o coordenador-regional.

As lojas da rede farmacêutica São João atendem ao público com a oferta de medicamentos, dermocosméticos, produtos de conveniência, higiene, perfumaria e prestação de serviços, como a realização de testes para a detecção de Covid-19 e aplicação de vacinas. Para ofertar diversos produtos, cada unidade mede cerca de 350 m², contendo estacionamento próprio e acesso facilitado.

Ao todo, 22 profissionais atenderão ao público e trabalharão na nova sede da Avenida Pioneiros. Para tanto, eles já foram contratados e farão um treinamento na próxima semana, na matriz da rede de farmácias, que fica no Rio Grande do Sul.  “Nós estamos trabalhando pelo desenvolvimento de Londrina e queremos que nossa cidade seja cada vez melhor. Essa é uma empresa que vem se instalar aqui e valorizar nossa cidade”, pontuou o vice-prefeito, João Mendonça.

A rede de farmácias São João surgiu com a primeira unidade fundada no Rio Grande do Sul, em 1979, e apresenta um faturamento superior a R$ 3.4 bilhões. O fundador é Pedro Henrique Brair, que em 2016, também inaugurou um dos maiores Centros de Distribuição do Brasil. Em 2020, a rede lançou o e-commerce com o site: www.saojoaofarmacias.com.br e o aplicativo de celular.

Além das autoridades mencionadas, participaram da reunião o chefe de gabinete, Moacir Sgarioni, a arquiteta responsável pelas obras da nova unidade em Londrina, Márcia Klusinski.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.