Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O evento tem como objetivo divulgar o início do projeto em Madrid, além de discutir o planejamento da atuação da cidade na passagem da marcha em Londrina

Amanhã (2), das 8h às 10h, o Centro Pastoral Dom Bosco irá receber uma reunião com o tema “Conexão Londrina com a Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência”. O evento faz parte da organização da Marcha Mundial pela Paz e tem como objetivo divulgar o início do projeto, que ocorrerá na mesma data em Madrid, na Espanha. Na cidade, a ação é realizada pelo Conselho Municipal de Cultura de Paz (Compaz) junto à Organização Não Governamental (ONG) Londrina Pazeando.

Qualquer pessoa pode comparecer ao local a fim de participar das atividades que discutem o planejamento da atuação da cidade na passagem da marcha em Londrina, no dia 17 de dezembro, entre outros aspectos. Dentre as ações, também será realizado um painel humano, onde pessoas irão se unir lado a lado formando uma espécie de símbolo da paz.

“A Marcha Mundial pela Paz luta pela questão do desarmamento. Há muitas indústrias produzindo armas no mundo. O objetivo é converter o dinheiro que se investe em exército para que seja utilizado na preservação do planeta”, contou o secretário do Compaz e gestor do Londrina Pazeando, Luis Cláudio Galhardi.

Um dos motivos da escolha do dia 2 de outubro para o início da marcha, neste ano, se deve à data de nascimento do pacifista indiano Mahatma Ghandi.

A iniciativa

A Marcha Mundial pela Paz é uma iniciativa por um mundo sem armas e sem guerras com intuito de percorrer diversos países ao redor do globo, durante cerca de seis meses (2 de outubro a 8 de março), disseminando este propósito.

São mais de 100 nações participantes e cada uma se organiza a fim de reunir o maior número de pessoas possíveis para montar uma caravana, nas datas estipuladas pela programação do projeto, com objetivo de realizar a marcha. Em Londrina, esta caravana irá se reunir para atravessar a cidade no dia 17 de dezembro.
É a segunda vez que a ação acontece. A primeira foi há dez anos, em 2009. Na oportunidade, Londrina era o único município brasileiro, sem ser capital, que estava envolvido na iniciativa.

Confira a rota da 2º Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência, no Brasil:

Recife/PE – 6 a 8 de Dezembro
Salvador/BA – 9 e 10/dez.
São Paulo/SP – 10 e 11/dez.
Cubatão/SP – 11/dez.
Caucaia/SP – 12/dez.
Itapeva/SP – 13/dez.
Paraisópolis/MG – 13/dez.
Campinas/SP – 14/dez
Rio de Janeiro/RJ – 15 e 16/dez.
Maricá/RJ – 16/dez.
Londrina/PR – 17/dez.
Curitiba/PR – 18/dez

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios