Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O presidente da Sanepar, Claudio Stabile, esteve na prefeitura para avaliar a inclusão de novas obras e serviços na cidade

Em reunião na prefeitura, acompanhada por técnicos, o presidente da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Claudio Stadile, secretários municipais e o presidente da Codel (Instituto de Desenvolvimento de Londrina) avaliaram ontem novas oportunidades de investimentos na cidade. A pauta de trabalho girou em torno de novas obras, das obras já em execução e de investimentos no cenário cultural, turismo e de inovação tecnológica, além de toda infraestrutura para o suprimento de água e esgoto que será instalada na Cidade Industrial de Londrina, que começa a ser erguida.

Foram discutidos ajustes no grande receptor circular em construção pela Sanepar, peça-chave na ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) na região norte de Londrina, que quando alcançar a capacidade plena, em agosto de 2021, será gatilho rumo à universalização do tratamento de esgoto no município. Atualmente Londrina já tem uma situação privilegiada: são 100% dos domicílios com água tratada e 94% atendidos com rede coletora de esgoto, com tratamento total do volume coletado. A ambição é chegar a toda população até 2029. É aí que entra a ETE Norte.

 “Foi uma reunião frutífera, estamos juntos na missão de fortalecer a cidade com novas indústrias e novos empregos. Os pleitos são justos e nós vamos atendê-los sem dúvida nenhuma. A determinação é investir fortemente em saneamento para que as necessidades dos paranaenses sejam reconhecidas pela qualidade deste serviço.  É algo que vai beneficiar muito a população”, garante Claudio Stadile.

Para a Cidade Industrial, que abrigará 90 empresas também na região da Norte da Cidade, há o compromisso de atendimento pleno da demanda de produção dos investidores. Também está praticamente confirmado o apoio financeiro às comemorações de Natal para este final de ano, através da Lei Rouanet.

O presidente da Codel, Bruno Ubiratan, lembrou que os contatos diretos com a presidência da Sanepar tem ocorrido com frequência, como na semana passada, quando houve reunião em Curitiba, e que, a cada encontro de trabalho, as pautas avançam rapidamente. “O governo tem sido parceiro na Cidade Industrial para atender a prioridade colocada pelo prefeito Marcelo Belinati de viabilizarmos com rapidez cada vez maior a geração de empregos e riquezas para Londrina”, afirmou. Também participaram da reunião os secretários municipais de Governo, Alex Canziani, e de Planejamento, Marcelo Canhada, além de diretores da Secretaria de Obras, técnicos da Sanepar e representantes da Casa Civil do governo do Estado.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios