Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

São de trabalhadores que fizeram o documento e ainda não foram buscar a CTPS física na Secretaria do Trabalho; atualmente a carteira é emitida apenas de forma virtual

A Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda (SMTER) emitiu, por pouco mais de dois anos, mais de 20 mil carteiras de trabalho. Foi um período em que a Prefeitura atuou de forma direta para atender a demanda histórica que havia entre londrinenses que precisavam fazer a emissão do documento em outras cidades. Com os avanços da tecnologia e a determinação do Governo Federal, atualmente a carteira de trabalho é exclusivamente virtual, ou seja, o documento é gerado pela internet e essa carteira digital funciona da mesma forma que o documento físico. Porém, dentre os milhares de trabalhadores atendidos presencialmente em Londrina, 203 pessoas ainda não foram retirar o documento emitido pela SMTER. Os documentos estão disponíveis para retirada, das 8h às 14h, na agência do trabalhador, na rua Pernambuco, 162.

Para a retirada é preciso apresentar alguns documentos de comprovação. No atendimento realizado para a emissão foi emitido um protocolo e quem tiver o comprovante deve levá-lo. Para aqueles que perderam, é necessário apresentar um documento com foto que contenha o CPF do trabalhador, como a CNH. Será  por meio do CPF que os servidores da SMTER conseguirão localizar o processo de emissão no sistema e realizar os procedimentos necessários para a confirmação e a retirada do documento. Para aqueles que ainda não têm a CTPS e precisam emiti-la, na página da Secretaria tem o link que leva direto à página de emissão da CTPS, www.londrina.pr.gov.br/sine. Quem tiver dificuldade, há um plantão telefônico da Secretaria para auxiliar. O atendimento é das 8h às 14h, pelo 3373-5700.

O secretário do Trabalho, Emprego e Renda, Elzo Carreri, reforçou a importância dos trabalhadores irem buscar a CTPS. “Pedimos a todos que fizeram o processo de emissão que agora compareçam para buscar seu documento. São mais de duzentas carteiras represadas que, por enquanto, estão todas à disposição na Secretaria. Como a retirada é um procedimento muito rápido, não é necessário agendar para retirar, basta comparecer com a documentação. Além da importância da CTPS para a vida profissional, agora com a emissão exclusivamente virtual desse documento, a carteira de trabalho física terá também um valor histórico para o trabalhador”, complementou.

Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios