Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Local era utilizado, irregularmente, para a realização de festas; Prefeitura promoverá ações de revitalização na região

A Prefeitura de Londrina realizou, na última terça-feira (17), entre as 8h e 17h30, uma ação para coibir a ocupação irregular de uma área pública, localizada no fundo de vale do Conjunto Jamile Dequech (região sul). Coordenadas pela Secretaria Municipal de Gestão Pública (SMGP), as atividades foram conduzidas em parceria com a Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação (SMOP) e Guarda Municipal. Também participou dos trabalhos a Secretaria Municipal do Ambiente (Sema).

Conduzida no trecho que interliga as ruas Eurides Aparecida Rodrigues e Justino Araújo Vilela, a operação decorreu de um processo iniciado na SMOP, por uma construtora que está realizando uma obra nas proximidades. Durante a ação, os agentes municipais constataram que o local era ocupado de forma não consolidada, para a realização de festas irregulares, contando inclusive com churrasqueira e fogão a lenha. Essas estruturas foram removidas, sendo que a Prefeitura promoverá a revitalização da área pública.

A fiscal da Secretaria de Gestão Pública, Camila dos Santos Sato, explicou que, como o local se encontrava vazio, os agentes não identificaram o responsável pela ação ilegal, para a entrega de notificação. Apesar disso, as secretarias e órgãos envolvidos nos trabalhos promoverão a conscientização dos moradores da região. “Vamos explicar à comunidade que essa é uma área pública, que será revitalizada e não pode ser usada para esse tipo de atividade. As operações prosseguirão em outros pontos do Jamile Dequech e em diversos bairros, cujos fundos de vale também passarão por revitalização. Lembramos que a população pode colaborar com a gestão, denunciando essas situações”, salientou.

Denúncias

Com base no decreto municipal no 1.121/2017, a Secretaria Municipal de Gestão Pública, em conjunto com a Sema e outros órgãos, realiza fiscalizações com o intuito de combater ocupações irregulares em áreas públicas. Entre outros propósitos, essas atividades visam prevenir danos ambientais, assim como parcelamentos clandestinos e irregulares do solo urbano de Londrina. Além do Conjunto Jamile Dequech, operações semelhantes foram efetuadas nos jardins Maravilha e Marissol.

Quem presenciar ocupações irregulares pode fazer a denúncia para a Ouvidoria-Geral do Município, por meio do formulário on-line (clique aqui), disponível 24 horas por dia; ou do telefone 162, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h45. Nos casos de descarte irregular de lixo, os cidadãos poderão acionar a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), através da página do órgão, ou do telefone (43) 3379-7900, que atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. 

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.