Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Oportunidades estão abertas para todas as escolaridades; rede Cidade Canção vai abrir mais uma loja na cidade

A Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda (SMTER) irá participar de mais um grande processo seletivo. A rede de supermercados Cidade Canção vai inaugurar uma nova loja em Londrina e contará com a SMTER na montagem da equipe de atendimento dessa unidade. O empreendimento vai gerar dezenas de empregos diretos.

São mais de 150 oportunidades para cargos de diversos perfis, que envolvem diferentes funções que vão desde repositor de mercadorias e operador de caixa até supervisor de atendimento, por exemplo. Mais de cem dessas oportunidades não exigem experiência prévia na função.

Todas as informações e os requisitos para cada uma delas pode ser acessado na página da SMTER no site da Prefeitura, www.londrina.pr.gov.br/trabalho. Uma vez consultada as vagas, o trabalhador que se interessar em se candidatar para o processo seletivo deve preencher seu cadastro na página bit.ly/SCCtrabalho.

O processo seletivo será todo realizado na sede da SMTER, mediante agendamento. Todos os cuidados sanitários e de segurança para prevenção ao novo coronavírus serão aplicados. Os trabalhadores serão organizados com respeito aos limites de pessoas e, também por isso, o agendamento será obrigatório para participar da seleção.

O secretário municipal de Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos, destacou o know how que a Secretaria adquiriu no apoio a grandes processos. “Tivemos, durante a pandemia, uma série de recrutamentos em larga escala. Apoiamos o grupo Angeloni, o Super Golf e a Alô Atendimento, que, juntos, contrataram cerca de 500 colaboradores dentro da SMTER. A cada experiência, aprendemos mais e melhoramos nossos serviços”, explicou.

Santos lembrou que a SMTER, rapidamente, soube adaptar os serviços ao cenário provocado pelo coronavírus e continuou propiciando o encontro entre o trabalhador e as empresas. “Temos todas as condições de, mais uma vez, entregar um processo eficiente e que respeite, acima de tudo, os cuidados a saúde de todos os candidatos e recrutadores. Redesenhamos nossos processos e, até por esse cuidado necessário, é preciso reforçar que o agendamento será obrigatório”, explicou.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.