Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A data é reservada para atendimento exclusivo do profissional com deficiência; neste ano o evento será em 20 de setembro, das 8h às 12h

A Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda (SMTER) realiza no próximo dia 20 o “Dia D” 2019. O evento reúne empresas de diferentes segmentos para o atendimento exclusivo do profissional com deficiência. Na oportunidade, as organizações enviam representantes com poder de contratação ao “Dia D” e o objetivo é de que os trabalhadores saiam da SMTER empregados. Neste ano, além das empresas, o Dia D contará com diversos serviços para a pessoa com deficiência. O evento será das 8h às 12h, na sede da Secretaria, na rua Pernambuco, 162.

A SMTER convidou entidades que trabalham com pessoas com deficiência e também órgãos públicos que têm atuação direta com esse público para o evento. Participarão do “Dia D” o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência dando suporte no atendimento; a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) com o setor de credenciamento de estacionamento para PCD; a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que prestará orientação jurídica; e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) oferecendo consultoria sobre benefícios e reabilitação profissional.

A Secretaria está cadastrando empresas que tenham interesse em participar do “Dia D”. As organizações que quiserem enviar um profissional de RH e ofertar as suas vagas de emprego no evento podem entrar em contato pelo e-mail centraldevagas.trabalho@londrina.pr.gov.br ou então pelos telefones 3373-5700 e 3373-5712. O evento tem um limite de participantes e as vagas serão preenchidas conforme a ordem de confirmação de presença e respeitando a capacidade máxima.

O secretário municipal do Trabalho, Emprego e Renda, Elzo Carreri, destacou o envolvimento de vários atores sociais no “Dia D” 2019. “Nós sempre temos ótimos resultados com esse evento. É uma ação que já está instituída na Secretaria e que faz a diferença para o profissional com deficiência. Neste ano, além do empregador e do trabalhador, teremos diversos setores envolvidos e que estarão presentes na Secretaria. Contar com o engajamento de entidades tão importantes acrescenta muito valor à iniciativa. Temos a expectativa de que o ‘Dia D’ 2019 seja ainda mais produtivo”, ressaltou.

O secretário ainda lembrou que a contratação do profissional com deficiência tem caráter social e também legal. “Promover a inclusão profissional é necessário. Dar condições para que o trabalhador com deficiência desenvolva as atividades e seja parte da força produtiva da sociedade é garantir a igualdade de oportunidades. Empresas que fazem essa contratação demonstram responsabilidade social e também se adequam a legislação vigente, que preconiza que empresas com mais de 100 funcionários precisam ter ao menos 2% de profissionais com deficiência em seu quadro de funcionários”, explicou.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios