Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Encontro abordou as possibilidades do Município e a entidade ofertarem qualificação profissional ao trabalhador londrinense

Ontem (2), o secretário municipal do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos, se reuniu com o gerente da unidade de Londrina do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Henry Cabral, para conversar sobre qualificação profissional.

Durante o encontro, foram discutidas novas formas de oportunizar, aos londrinenses, ferramentas para se qualificar. O intuito é que, uma vez capacitado, cada pessoa seja inserida no mercado de trabalho ou possa empreender.

O secretário municipal destacou a qualidade de ensino oferecida pelo Senai, conhecido internacionalmente e com amplo portfólio. “Ter o selo do Senai no currículo é um diferencial para qualquer trabalhador. A instituição abrange de forma completa a indústria, forma mão de obra extremamente qualificada, e oferta cursos que preparam seus alunos para áreas ligadas ao setor industrial, com impacto para toda a cidade. Não à toa, os formandos dos cursos do Senai são disputados pelo mercado de trabalho. Ou saem empregados ou vão desenvolver seu próprio negócio”, disse.

Gustavo Santos agradeceu o acolhimento do Senai às propostas e antecipou possíveis desdobramentos. “Dessa conversa inicial, já saímos com novas possibilidades e outras perspectivas. Sabemos da importância que a capacitação tem nesse contexto da pandemia e vamos trabalhar arduamente para atender a esse anseio. Poder contar com o suporte do Senai de Londrina nesse processo nos traz entusiasmo para os próximos passos dessa caminhada”, pontuou.

Para o gerente do Senai, Henry Cabral, o poder público e a instituição podem construir ações em conjunto para suprir a demanda por qualificação de mão de obra, e essa união é fundamental. “A última prova do Sistema de Avaliação da Educação Profissional e Tecnológica (SAEP), que se assemelha ao Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) aplicado nas universidades, atestou a qualidade dos serviços de aprendizagem do Senai Londrina. A média de pontuação dos nossos cursos nessa avaliação foi nove, em uma escala até 10. Temos muito a oferecer e, em conjunto com o poder público, encontraremos um caminho para ampliar cada vez mais a formação mão de obra qualificada”, garantiu Cabral.

O gerente do Senai ainda apontou uma grande conquista recente da Instituição. “Tivemos um aluno aqui da unidade de Londrina, Leandro Moreira, que se destacou em etapas regionais, estaduais e foi vencedor de um prêmio nacional de profissões. Isso levou ele a representar o Brasil no campeonato mundial de profissões realizado em Kazan, na Rússia, onde ele conquistou a medalha de prata e levou o nome de Londrina e do Senai para o mundo”, contou.

Participaram do encontro, o coordenador regional de negócios do Senai, Rafael Gonçalves, o analista de negócios do Senai, Caio Terra, o coordenador de Educação Profissional e Tecnológica do Senai, Victor Cunha, e o gerente de Qualificação Social e Profissional da Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda, Cesar Makiolke.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios