Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Nos temas discutidos, destacaram-se a vacinação contra a Covid-19 para a categoria e o apoio a suspensão das aulas presenciais em Londrina

Integrantes do secretariado municipal de Londrina receberam, ontem (10), representantes da Associação dos Professores do Paraná – APP Sindicato, Regional Londrina. A reunião tratou do apoio a suspensão das atividades presenciais nas unidades de ensino em Londrina, com base no decreto municipal n° 85/2021. Também foi discutida a vacinação contra Covid-19, iniciada no município em 19 de janeiro, já que os professores fazem parte dos grupos prioritários.

Reprodução

Participaram da reunião os secretários municipais de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada; de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes; e de Saúde, Felippe Machado; junto com o representante da Secretaria de Assuntos Municipais da APP Sindicato, Antônio Marcos Rodrigues Gonçalves.

O secretário de Planejamento, Marcelo Canhada, destacou que o apoio da APP Sindicato é extremamente importante, inclusive ao reforçar os cuidados necessários para evitar a disseminação do novo coronavírus entre a comunidade escolar. “É necessária a união de toda a sociedade nessa pandemia. E a APP é um sindicato importante, que demonstrou apoio à política de enfrentamento da pandemia aplicada pelo prefeito Marcelo Belinati. A questão da segurança epidemiológica dentro das escolas é algo fundamental nesse momento difícil, que a pandemia está recrudescendo, com muitas pessoas contraindo o vírus e adoecendo”, frisou.

Canhada lembrou que, só em Londrina, a área de educação envolve 200 mil pessoas, aproximadamente, do ensino pré-escolar até a pós-graduação. E, além de alunos e professores, atuam nas unidades escolares as equipes de limpeza, administrativo, manutenção, entre outros. “Reunir essas pessoas nas salas de aula, ao mesmo tempo, causaria o caos no sistema de saúde. A Prefeitura de Londrina entende ser fundamental o apoio de sindicatos e entidades no enfrentamento dessa pandemia. O momento é de união, não de interesses pessoais ou econômicos isolados, mas sim de priorizar a saúde das pessoas”, concluiu.

Em nome da diretoria da APP Sindicato, Antônio Marcos Rodrigues Gonçalves, questionou qual a expectativa de vacinação contra a Covi-19 para os professores. O secretário de Saúde explicou que, segundo o Plano Municipal de Imunização, que tem como referência o Programa Nacional de Imunização, a categoria integra o quarto público-alvo da campanha.

Ao final do encontro, Gonçalves considerou que as tratativas representaram grande avanço para as demandas da APP Sindicato. “A nossa campanha é em prol da vida, não é que não queremos voltar para as escolas. Queremos atuar nas escolas sim, mas com segurança, e hoje o sinônimo de segurança é com a população imunizada. Essa reunião foi bastante positiva, porque conseguirmos reafirmar alguns procedimentos em conjunto. A visão em relação ao serviço público, especificamente à educação, se coaduna bastante; considero que tivemos um forte avanço na defesa dos professores e profissionais da educação pública”, finalizou.

Também participou da reunião o vereador municipal Matheus Thum.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios