Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Aproximadamente 770 atendimentos foram realizados durante a 10ª edição da Semana do Microempreendedor Individual (MEI) em Londrina, realizada de 14 a 18 de março. Mais de 200 pessoas participaram de ações como palestras, oficinas, consultorias e orientações ministradas por profissionais na Sala do Empreendedor e no auditório da Prefeitura de Londrina.

O objetivo dos trabalhos é oferecer suporte e auxílio especializado para que os MEIs possam aprimorar a gestão de seus negócios e finanças. A iniciativa ocorre por meio do serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com as Salas do Empreendedor de todo o Paraná.

Segundo a gerente da Sala do Empreendedor de Londrina, Nilceia de Fátima Vertuan, a Semana do MEI visa intensificar e ampliar o alcance daquelas ações já realizadas rotineiramente na Prefeitura e pelo Sebrae, além de proporcionar atendimento especializado e gratuito, de forma concentrada, em diferentes áreas de atuação. “A participação do público foi satisfatória e atendeu as expectativas. Mais uma vez, a parceria com o Sebrae foi muito produtiva para termos um resultado positivo”, disse.

Nilceia também contou que muitos dos MEIs que participaram puderam estar em quase todas as oficinas e consultorias, adquirindo conhecimentos que irão agregar no desenvolvimento de seus negócios. “Além disso, também foram atendidas aqueles empreendedores que ainda não estão formalizados e buscam orientações para formalizar seu próprio negócio”, acrescentou.

Durante a 10ª Semana do MEI, foram desenvolvidas atividades com temas direcionados a consultorias de marketing e financeira, benefícios e questões previdenciárias, planejamento e vendas, empreendedorismo e gestão, e uso de mídias sociais. Além disso, os participantes receberam informações e puderam tirar suas dúvidas referentes à Declaração Anual do Simples Nacional (DASN), que tem prazo de entrega até o dia 31 de maio.

Atendimentos – A gerente da Sala do Empreendedor lembrou que os atendimentos gerais ao público continuam sendo realizados diariamente pelo espaço, localizado no piso térreo da Prefeitura, onde os MEIs podem saber mais sobre o processo de formalização, taxas e situações como a Declaração Anual, que é obrigatória a todos os empreendedores deste segmento. O funcionamento do espaço é de segunda a sexta-feira, das 12 às 18 horas, com retirada de senhas até 17h.

“É importante ressaltar que o prazo de entrega da declaração está próximo de encerrar e aqueles que não fizerem estão sujeitos a receber multa e terão pendências junto à Receita Federal. A Sala do Empreendedor está à disposição dos cidadãos para tirar todas as dúvidas”, frisou Nilceia.

Em breve, a Sala também deve iniciar novas ações em parceria com o Sebrae, como consultorias de marketing e finanças. A previsão é que as agendas comecem a partir de junho. “A ideia é dar início a essas ações de consultoria na Sala do Empreendedor, que poderão ser expandidas conforme a adesão do público”, adiantou a gerente.

Atualmente, Londrina tem cerca de 19 mil MEIs e a Sala do Empreendedor realiza uma média mensal superior a 2.000 atendimentos. No Brasil, existem aproximadamente 6 milhões de MEIs.

N.Com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios