Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Nova denominação será apresentada pelo prefeito Marcelo Belinati nesta sexta-feira (26), em evento especial que marca os sete anos da empresa

A Sercomtel Iluminação vai trocar de nome. A nova denominação, Londrina Iluminação, será apresentada nesta sexta-feira (26), às 9h, no Parque de Operações da empresa, uma área de 2.400 metros quadrados que fica na Avenida Luigi Amorese, região oeste da cidade. O prefeito Marcelo Belinati, secretários municipais, diretores de empresas públicas e representantes da imprensa participam do ato, que serve também para marcar os sete anos da empresa, comemorados na mesma data. Os funcionários também estarão presentes.

A troca do nome ocorre por causa do registro da marca, que pertence à Sercomtel Telecomunicações, privatizada em dezembro do ano passado e a quem a Sercomtel Iluminação, que permaneceu uma empresa pública, estava vinculada anteriormente. A companhia de iluminação londrinense é uma sociedade anônima de economia mista.

Na solenidade desta sexta-feira, o presidente Claudio Tedeschi, acompanhado dos diretores da empresa, aproveitará para apresentar um breve resumo do que a Sercomtel Iluminação já realizou em Londrina e também as próximas ações – uma delas de grande relevância e inédita na história das companhias públicas de Londrina. Os convidados aproveitarão e também conhecerão as instalações do Parque de Operações.

 “A Sercomtel Telecom permitiu que continuássemos usando a marca Sercomtel provisoriamente, e agora estamos mudando. Aliás, estamos muito orgulhosos da nossa empresa. Ela é bem enxuta e muito eficiente naquilo que se propõe”, enaltece Tedeschi. “E neste momento estamos preparados para novos saltos, que serão muito enriquecedores”. Ele ressalta que a condição da empresa, completamente estabilizada financeiramente, faz toda a diferença e garante o futuro.

Para o diretor de Operações Alexander Farias Fermino, a companhia virou referência em agilidade e qualidade de serviço. “No meio do segmento de iluminação pública as pessoas já falam bastante da gente, isso é muito bom e importante”. A Sercomtel Iluminação inclusive faz parte da Associação Brasileira de Empresas de Serviço de Iluminação Urbana (Abrasi).

Já a diretora Administrativo e Financeira, Beatriz de Oliveira Teixeira, o que mais chama a atenção é a competência dos funcionários, “sempre dispostos e dedicados, faça chuva ou faça sol”. Isso tudo reflete no bom atendimento e na opinião pública londrinense, bastante positiva em relação à empresa.

Pelos dados apresentados no último “Manual de Indicadores de Desenvolvimento” do Fórum Desenvolve Londrina”, por exemplo, que mede a percepção da população sobre a cidade, a iluminação pública é hoje a sexta em preferência quando se trata dos aspectos mais positivos da cidade (atrás de Asfalto, Educação, Segurança, Trânsito e Habitação), e está à frente de outros 11 segmentos apontados pelos 600 londrinenses pesquisados.

Eficiência na colocação de LED – A Sercomtel Iluminação tem dois contratos com o município de Londrina, nas áreas de manutenção e modernização da iluminação pública. Também trabalha um plano de implantação definitiva de “telegestão”, que possibilitará a manutenção e dimerização remota (controle da intensidade) da iluminação. A companhia também já está se preparando para ingressar na tecnologia 5G, a “internet das coisas”, executa um programa permanente de iluminação decorativa de monumentos e próprios públicos e trabalha a possibilidade de firmar contratos com outras prefeituras – algo que seria recentemente inédito para uma empresa pública londrinense.

Na parte de manutenção, hoje existem apenas 112 chamados abertos para reparos em luminárias que estão apagadas, acesas durante o dia ou com os “braços” (haste que sustenta as luminárias) avariados. A quantidade é insignificante (menos de 1%) dentro do universo do parque de iluminação da cidade, que tem 65 mil pontos de luz.

Mas o carro-chefe da companhia é mesmo a modernização da iluminação, instalando luminárias em LED em avenidas, ruas, praças, canteiros, rotatórias e jardins públicos. “É a nossa parte mais visível”, diz o presidente Claudio Tedeschi.

Mais de 28 mil LED

Desde quando o programa municipal “Londrina Cidade Iluminada” foi implantado, no final de fevereiro de 2019, ainda na primeira gestão do prefeito Marcelo Belinati, já foram instaladas 28.105 modernas luminárias desta tecnologia, o que representa mais de 43% de todo o parque de iluminação. Na conta inclui também as sedes dos distritos, patrimônios e vilas rurais, que já estão totalmente modernizadas. “A proposta do prefeito é deixar Londrina 100% LED até o final da gestão. Vamos conseguir”, reforça Tedeschi.

Nesses quase três anos do programa já foram implantados LED em 59 avenidas, 1.403 ruas e 386 praças, além do entorno de unidades públicas essenciais e primordiais, como as duas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), o Pronto de Atendimento Infantil (PAI), em volta de 52 escolas municipais e estaduais, de 13 escolas distritais, no entorno de 23 centros municipais de educação infantil e de 42 Unidades Básicas de Saúde.

“O cidadão londrinense pode ficar tranquilo, estamos só mudando o nome da empresa. A boa qualidade dos nossos serviços vai continuar e melhorar continuamente”, garante o presidente da empresa Cláudio Tedeschi.

NCPML

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.