Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Por meio de parcerias com a Prefeitura, empresas têm a oportunidade de testar soluções inovadoras, enquanto o Município pode adotar novas tecnologias sem custo

Empresas e startups voltadas às áreas de inovação e tecnologia têm a oportunidade de implementar seus projetos na administração municipal, por meio de parcerias estabelecidas com a Prefeitura de Londrina. Através do Edital de Chamamento Público nº 002/2018, o Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel) recebe propostas dos interessados em viabilizar soluções inovadoras para a cidade. As cooperações técnicas tem duração de doze meses, podendo ser prorrogadas.

Desde o início do programa, em 2019, seis parcerias foram realizadas, com soluções para as áreas de gestão técnica do esporte; organização de filas de atendimento; condução de fiscalizações; telemedicina; planejamento de calendários; e otimização de processos de recrutamento.

O presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina, Bruno Ubiratan, frisou que a iniciativa beneficia tanto as empresas, que podem testar seus produtos em larga escala, quanto o Município, que tem a oportunidade de adotar novas tecnologias sem custo. “É um projeto muito importante e alinhado ao grande potencial de Londrina para a área de inovação. Com cerca de 1.800 empresas de tecnologia, nossa cidade tem a maior densidade desse tipo de companhias no Paraná e a décima do Brasil”, disse.

De acordo com o diretor de Ciência e Tecnologia da Codel, Roberto Moreira, o programa funciona como um laboratório voltado à inovação. “As startups precisam validar seus negócios, e ao fazerem testes com um grande número de pessoas, podem avaliar como é a recepção da população à solução que estão propondo”, afirmou.

Participação

Para fazer suas inscrições, os empreendedores devem comparecer pessoalmente à sede da Codel (R. Adhemar Pereira de Barros, no 1.010, Jardim Bela Suíça) munidos de uma proposta detalhando a solução inovadora e comprovante de CNPJ da empresa. É necessário agendar a visita previamente, por meio do telefone (43) 3379-2300 ou do e-mail codel@codel.londrina.pr.gov.br.

Cada proposta deve conter informações minuciosas sobre o projeto, explicando quais são as suas funcionalidades e aplicações. A seleção das iniciativas é realizada por uma comissão, formada por representantes da Codel, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Entre os critérios de avaliação utilizados, estão a consistência e adequação do projeto às atividades do Município; a clareza e pertinência dos objetivos e resultados esperados; e a viabilidade da consecução de metas no tempo fixado.

O resultado da análise é publicado no Jornal Oficial do Município, e na página oficial da Codel, no Portal da Prefeitura. Na sequência, os proponentes dos projetos aprovados deverão apresentar os documentos exigidos no edital para que seja firmado o acordo de cooperação.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.