Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Na semana que vem os portões do Parque de Exposições Ney Braga se abrem para a cultura da arte na pele. Centenas de artistas chegam à Londrina com diferentes técnicas e estilos que o público poderá conhecer na 2ª edição da Expo Tattoo, a maior convenção de tatuagem do Paraná.

Mais de 300 tatuadores são esperados para o evento, entre profissionais com atuação do Brasil e outros países, como Japão, Coréia do Sul, Holanda, França e Portugal. Uma oportunidade e tanto para quem pensa em fazer uma tatuagem, já que os artistas vem equipados para ocupar parte dos 110 estandes da feira e deixar sua arte em novas "telas".

Um dos principais destaques é o tatuador Toshio Shimada. Brasileiro, mas naturalizado japonês, com mais de 30 anos de experiência e referência no estilo de tatuagem oriental.

Shimada começou sua carreira na década de 1990, no Japão, onde tem dois estúdios de tatuagem. Foi lá que ele aprendeu a técnica do tebori que consiste em usar hastes de bambu com agulhas na extremidade, com o objetivo de tatuar manualmente. O método também é utilizado no estúdio dele em São Paulo (SP) e quem for à Expo Tattoo Londrina poderá servir dele tela para o artista ou algum membro de sua equipe, como o coreano Ki Hoon Choi.

Outro brasileiro radicado no Japão, que traz o estilo oriental à Expo Tattoo Londrina, é Christian Arae. Tatuador desde 1984, ele já trabalhou com artistas renomados como Horioshi III, Mr. Cartoon, Doug Hardy Mike Leger e Runing Bear.

Prestigiando a convenção com a experiência da primeira geração de tatuadores profissionais, Ryan Salume traz a bandeira da Holanda para Londrina. Nascido em Salvador (BA), ele se tornou cidadão holandês há 35 anos. Foi um dos primeiros brasileiros a abrir um estúdio de tatuagem na Europa: o Santa Fé 63 Tattoo Studio, que é um dos mais antigos dos Países Baixos.

Além de tatuador, Ryan também é construtor de máquinas de tatuagem. No ano passado ele voltou ao Brasil após muitos anos, exclusivamente para visitar a 1ª edição da Expo Tattoo Londrina. Na semana que vem estará de volta e, desta vez, com sua esposa, Tamy Salume, que é body piercer e também participa da Expo Tattoo.

Outro artista do continente europeu que estará presente na convenção é Fellipe Oliveira, profissional que atua há mais de 10 anos na França, mas tem o pé vermelho. Nascido em Londrina, Oliveira ganhou diversos concurso de tatuagem fora do País, se destacando no estilo realista. Acabou se fixando em Paris, onde reside atualmente.

Expo Tattoo

Quem se interessar em conhecer o trabalho ou até mesmo fazer uma tatuagem com um desses artistas pode procurá-los durante a Expo Tattoo Londrina, o maior evento de tatuagem do Paraná, que será realizada nos dias 7, 8 e 9 de setembro, no Parque de Exposições Ney Braga.

Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria da feira ou, antecipadamente, pela internet. Outras informações pelo site www.expotattoolondrina.com.br.

Além dos estandes de tatuagem, o evento vai contar com inúmeras atrações culturais como shows de bandas e apresentações de dança, além de concursos, exposições de veículos antigos, gastronomia e cervejas artesanais.

A convenção é organizada pelo estúdio Fernando Tattoo, tem patrocínio de Cerveja Amadeus, Marco de La Piel (tattoo equipament) e Stooge, e apoio da Sociedade Rural do Paraná e Prefeitura de Londrina.

João Fortes/Asimp

Ryan Salume Holanda- Foto: Divulgação

Shimada  - Foto: Divulgação

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios