Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Na solenidade serão dispensados 3.500 candidatos; mil seguem no processo de seleção

Será realizada amahã (10), às 10h, uma cerimônia de dispensa do excesso de contingente do Tiro de Guerra de Londrina. Dos 4.500 jovens alistados em 2018, 3.500 receberão o certificado de dispensa. A solenidade acontece no Ginásio de Esportes Moringão, localizado na rua General Gomes Carneiro, 315.

A solenidade deve contar com a participação de diversas autoridades, entre elas o prefeito de Londrina e presidente da Junta do Serviço Militar, Marcelo Belinati. Durante a cerimônia, os candidatos dispensados firmarão o compromisso à bandeira e cantarão o hino nacional, coordenados pelo capitão do Exército Donizete Aparecido Repukna, do Plano Regional de Mobilização (PRM) de Apucarana. Além disso, o Tiro de Guerra de Londrina fará o tradicional desfile Porta Bandeira.

De acordo com o secretário da Junta de Serviço Militar de Londrina, Fernando César de Paula,  entre jovens dispensados e familiares são esperadas 5 mil pessoas para a solenidade, que é aberta ao público. Ele convida toda a comunidade londrinense a participar.

Os candidatos dispensados farão a doação de um litro de leite, cujo montante será encaminhado às entidades socioassistenciais Hospital do Câncer de Londrina, Lar Anália Franco, Lar dos Vovôs e Vovozinhas e uma casa de recuperação de dependentes químicos.

Seguem no processo de seleção outros mil candidatos, que serão convocados em janeiro de 2019 para entrevistas com os sargentos da Junta Militar. Do grupo, serão selecionados para compor o quadro do Tiro de Guerra de Londrina quatro turmas de 40 membros, totalizando 160 convocados que começarão a servir em março.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios