Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A intenção é mostrar aos idosos que é necessário ter atenção naquilo que se sente e pensa; mesma palestra será realizada no CCI Leste

Com o agito do dia a dia e com a grande quantidade de tarefas a serem executadas diariamente, muitas pessoas acabam não prestando atenção nos pensamentos, sentimentos e emoções que passam pela cabeça. Para falar sobre a importância da Atenção Plena ou Consciente nos pensamentos e sentimentos, o psicólogo Filipe Martin de Oliveira conversará com os idosos do Centro de Convivência da Pessoa Idosa da região Oeste nesta quinta-feira (19), às 14 horas, na sede do CCI Oeste, que fica na Rua Serra Pedra Selada, 111, no Jardim Bandeirantes.

A intenção é mostrar aos idosos que é necessário ter atenção naquilo que se sente e pensa, mesmo durante a execução de tarefas simples da rotina como, por exemplo, no momento em que se lava louça, assiste-se um filme ou mesmo quando se está sozinho em casa.

Isso porque estudos recentes têm mostrado a importância e a eficácia de iniciativas como a meditação “mindfulness”, conhecida em português como Atenção Plena ou Consciente, para o tratamento de estresse, ansiedade, quadros depressivos, e para a falta de concentração e de atenção.

De acordo com o psicólogo, a cultura da sociedade atual reforça o não sentir e o não pensar, o que é uma armadilha para o ser humano, porque diferente de um perigo físico, onde é possível correr e deixá-lo para trás, sentimentos e os pensamentos estão dentro da cabeça. “Então é preciso aceitá-los de forma ativa, sabendo que podemos estar tristes alegres e mesmo assim aproveitarmos a vida que temos procurando outras fontes de prazer e de manter uma qualidade de vida”, defendeu.

A ideia é mostrar aos participantes que é possível ter qualidade de vida mesmo quando se tem pensamentos e sentimentos não tão prazerosos, através da conexão do pensamento e da ação. Para isso, Oliveira ensinará algumas técnicas de meditação “mindfulness”. Uma delas é estar consciente de enxergar com generosidade cada uma das sensações e atitudes que foram feitas no passado, assim como cuidar para não se apegar e colocar toda a expectativa no futuro.

Outra técnica que será ensinada é a concentração na respiração, prestando atenção no ar que entra, circula e sai do corpo. Assim como a de manter o foco nas atividades que estão sendo feitas naquele momento exato, como atravessar a rua, manejar equipamentos ou mesmo lavar a louça. Essas técnicas auxiliam as pessoas, sejam jovens ou idosas, a se manterem mais calmas, seguras e serenas, melhorando as relações profissionais, familiares e consigo mesma.

A mesma palestra será ministrada também no dia 11 de maio, às 8 horas, no SESC Norte e no dia 21 de maio, às 14 horas, no Centro de Convivência da Pessoa Idosa da Região Leste. Ela faz parte de uma parceria estabelecida entre a Secretaria Municipal do Idoso com a Unimed Londrina.

Ana Paula Hedler/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios