Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Meio Ambiente 15/02/2014  20h42

Ações ambientais de Itaipu são premiadas

Binacional foi reconhecida com dois projetos entre os destaques da categoria Empreendedorismo Ambiental na Educação do Prêmio Ozires Silva

Da esquerda para direita, Eloiza Dal-Pozzo, Lucilei Rossasi, Jorge Samek, Silvana Vitorassi e Leila Alberton
 
A Itaipu Binacional emplacou dois projetos entre os destaques da categoria Empreendedorismo Ambiental na Educação (modalidade empresa de médio e grande porte) do Prêmio Ozires Silva, iniciativa do Instituto Superior de Administração e Economia (ISAE) da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e do Grupo Paranaense de Comunicação (GRPCOM).
 
A premiação, que contou com a presença do diretor-geral brasileiro, Jorge Miguel  Samek, foi na quarta-feira (12), no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba. "As inovações estão aqui. E o ISAE estimula isso", afirmou Samek.
 
A gerente da Divisão de Educação Ambiental da Itaipu Binacional, Leila Alberton, recebeu a Menção Honrosa pelo programa Educação Ambiental, uma das iniciativas do Cultivando Água Boa. O programa está presente nos 29 municípios   da   Bacia   Hidrográfica   do Paraná 3 e já resultou na sensibilização de mais de 20 mil pessoas na região. "É a educação na sua integralidade", disse Leila.
 
O projeto Água: Conhecimento Para Gestão, uma parceria entre a Agência Nacional de Águas (ANA) e a Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI), com apoio da Itaipu, foi o vencedor na categoria. A jornalista Eloiza Dal-Pozzo recebeu o prêmio em nome da equipe, que capacita brasileiros e estrangeiros para a boa gestão de recursos hídricos. Hoje, são oferecidos 36  cursos, todos gratuitos, e dirigidos a diferentes públicos-alvo. A meta é capacitar 30 mil pessoas até 2015.
 
Nesta sétima edição do Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável foram mais de 90 projetos inscritos de todas as regiões do Brasil por ações de pequenas, médias e grandes empresas, pessoa física (Plano de Negócios) e comunidade acadêmica. Os trabalhos tiveram de passar por duas avaliações, incluindo uma banca de defesa dos projetos.
 
O prêmio leva o nome do engenheiro Ozires Silva, um dos fundadores da Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer), ex-presidente da Petrobras e ex-ministro da Infraestrutura. Ele estava presente e foi homenageado pelos organizadores da cerimônia. "É muito bom ouvir histórias do passado, mas muito melhor falar dos sonhos do futuro, como estes apresentados aqui", observou. "O Brasil pode ser melhor. As pessoas podem trabalhar em conjunto. Quem vai construir um grande País é o povo brasileiro".
 
O objetivo da premiação é incentivar novas práticas empreendedoras ligadas ao desenvolvimento sustentável, seja por iniciativa de empresas, pessoas físicas ou estudantes. Mais de 50 projetos de empresas como Itaipu Binacional e Petrobras foram reconhecidos. As ações incluem implantação de sistemas de captação de energia solar, geração de renda, educação ambiental no campo, adaptação de mesas para cadeirantes, piscicultura sustentável, compensação ambiental dos gases de efeito estufa, apicultura orgânica, além do empreendedorismo para crianças e jovens.
 
A Itaipu
 
A Itaipu Binacional é a maior usina de geração de energia limpa e renovável do planeta e foi responsável, em 2013, pelo abastecimento de 16,9% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 70% do Paraguai. Em 2013, superou o próprio recorde mundial de produção e estabeleceu a marca de 98.630.035 megawatts-hora (98,63 milhões de MWh). Desde 2003, Itaipu tem como   missão   empresarial “gerar energia elétrica de qualidade, com responsabilidade   social e ambiental,  impulsionando o desenvolvimento econômico, turístico e tecnológico, sustentável, no Brasil e no Paraguai”.
 
A empresa tem ainda como visão de futuro chegar a 2020 como “a geradora de energia limpa e renovável com o melhor desempenho operativo e as melhores práticas de sustentabilidade do mundo, impulsionando o desenvolvimento sustentável e a integração regional”.
 
Asimp/Itaipu Binacional
 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios