Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

AEN

O quarto boletim de balneabilidade da temporada de verão foi divulgado ontem (10) pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP). O levantamento mostra que a água da maioria dos locais monitorados continua própria para banho. Dos pouco mais de 90 quilômetros de costa litorânea, apenas 600 metros estão impróprios para banho. Na costa Oeste e Norte do Estado, todos os pontos monitorados estão próprios para banho.

No Litoral, os locais que apresentaram concentrações de bactérias Escherichia coli (E.coli) em desacordo com os padrões estabelecidos pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) são: Praia de Encantadas, na Ilha do Mel (em frente ao módulo policial); Caieiras, em Guaratuba (altura da rua Frederico Nascimento); e Ponta da Pita, em Morretes e Antonina.

Para o presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto, a manutenção da qualidade da água é um reflexo dos investimentos realizados pelo Governo do Estado e prefeituras ao longo dos anos.

“Se compararmos os boletins de balneabilidade nas últimas três temporadas de verão, percebemos uma sensível melhora na manutenção da qualidade da água. Isso se deve aos investimentos feitos em educação ambiental, saneamento básico, na coleta de lixo e no revolvimento da areia, aliado ao fato de termos menos registros de chuvas fortes nessa temporada”, declarou.

A diretora de monitoramento ambiental e controle da poluição do IAP, Ivonete Chaves, lembra que além dos pontos monitorados e expostos no boletim o órgão também monitora e sinaliza outros locais que historicamente são considerados impróprios para banho. “São locais onde há algum tipo de problema crônico, como o ‘piscinão’ ao lado do morro do Cristo, em Guaratuba, que acumula água da chuva e traz com ela os poluentes acumulados dos locais por onde passou, como ruas e galerias fluvias”, explica Ivonete.

Sinalização
 
No Litoral, os veranistas podem acompanhar a qualidade das águas nas bandeiras instaladas na orla e também em 10 totens eletrônicos e outros serviços do Governo do Paraná.

A bandeira de cor vermelha significa que a água está imprópria para banho nos 100 metros à esquerda e à direta da sinalização. A azul indica que a água possui bons índices e pode ser aproveitada pelos banhistas.

O IAP faz coletas da água às segundas e terças-feiras.

Os veranistas também podem obter essa informação no site do IAP (www.iap.pr.gov.br) e nos comércios locais.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios