Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

MPF em Londrina firma acordo com Empresa de Pesquisa Energética sobre seminários públicos da Avaliação Ambiental Integrada da Bacia do Tibagi

O Ministério Público Federal em Londrina firmou acordo com  a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) sobre os seminários públicos da Avaliação Ambiental Integrada (AAI) da Bacia do Tibagi. O acordo foi realizado ontem  (1º/03), em audiência de conciliação promovida pela Justiça Federal em Londrina.

A EPE  está desenvolvendo a Avaliação Ambiental Integrada na bacia do Rio Tibagi/PR, cujo objetivo é analisar a viabilidade de aproveitamento hidrelétrico do potencial hídrico da região. O Ministério Público Federal ajuizou ação civil pública requerendo que o estudo não seja feita pela EPE enquanto não for adotada e aprovada correta metodologia pelo órgão competente do Sistema Nacional do Meio Ambiente (SISNAMA). Apesar do pedido feito pelo MPF, a Justiça Federal determinou, provisoriamente, o prosseguimento da AAI.

Com o prosseguimento dos estudos, a EPE convocou audiências públicas para debate dos seus resultados até então produzidos. Entretanto, o MPF, através de ação civil pública, combateu a forma como as audiências foram planejadas. A audiência de conciliação realizada ontem faz parte desta ação. O acordo firmado na audiência garante a realização de seminários públicos nas cidades de Londrina e Ponta Grossa, em dias não consecutivos, com publicação de edital convocatório com antecedência mínima de 45 dias. No edital, a EPE informará que o material de consulta para os seminários estará disponível no site www.epe.gov.br/meioambiente.

(Ascom/Procuradoria da República no Estado do Paraná)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.