Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A prefeitura de Arapongas, através da Secretaria de Agricultura, Serviços Públicos e Meio Ambiente promoveu no dia 28/06, a I Conferência Municipal de Meio Ambiente. O evento aconteceu no período da tarde no Campus da UNOPAR e contou com a participação de diversos segmentos representativos da sociedade e autoridades municipais, dentre elas, o prefeito Padre Beffa, o secretário de Meio Ambiente Justo Marques, da promotora do Meio Ambiente, Leda Barbosa Lorejan, Laerty Dudas, representando o secretário do Meio Ambiente do Paraná, Luiz Eduardo Cheida, secretários da administração municipal, além do público em geral. Após a abertura, Dudas promoveu sua palestra com maestria enfocando os temas de abrangência, observando a legislação e os dados de importância ao tema.

Conforme o secretário de Meio Ambiente, Justo Marques, a Conferência Municipal é muito importante para que Arapongas trace metas objetivas e apresente reivindicações e sugestões, que aprimorem a política ambiental do município de acordo com o Ministério do Meio Ambiente, que está mobilizando o País para a realização da IV Conferência Nacional do Meio Ambiente, que será realizada em meados de outubro próximo, na capital Federal.
 
Ainda conforme o secretário, a quarta edição da Conferência Nacional tem o desafio de contribuir para a implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos, com foco em Produção e Consumo Sustentáveis; Redução dos Impactos Ambientais; Geração de Trabalho Emprego e Renda e Educação Ambiental. “Assim como na Conferência Nacional, a Conferência Municipal também faz um convite para que a sociedade se engaje no processo de democracia participativa, para melhorias no setor de meio ambiente”, acrescentou o secretário. Ao final foram eleitos os delegados, em números: 25 da sociedade civil, 15 do setor empresarial e 10 de órgãos públicos, que participarão da Conferência Regional em Londrina, dia 25 de julho.
 
O prefeito Padre Beffa também destacou a importância do evento, na elaboração de planos e ações que preservem as riquezas naturais do município, lembrando que o grande número de nascentes existentes no território de Arapongas, faz dela uma região estratégica com relação aos recursos hídricos. “Não é por menos que Arapongas é conhecida como o Berço das Águas e por isso a importância do envolvimento de todos nesta Conferência Municipal do Meio Ambiente, para a preservação desta importante riqueza natural e também para tratar dos demais temas que fazem parte do eixo de discussões em nível Federal, que também são muito importantes”, disse o prefeito.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.