Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A prefeitura de Arapongas, através da Secretaria de Agricultura, Serviços Públicos e Meio Ambiente promoveu no dia 28/06, a I Conferência Municipal de Meio Ambiente. O evento aconteceu no período da tarde no Campus da UNOPAR e contou com a participação de diversos segmentos representativos da sociedade e autoridades municipais, dentre elas, o prefeito Padre Beffa, o secretário de Meio Ambiente Justo Marques, da promotora do Meio Ambiente, Leda Barbosa Lorejan, Laerty Dudas, representando o secretário do Meio Ambiente do Paraná, Luiz Eduardo Cheida, secretários da administração municipal, além do público em geral. Após a abertura, Dudas promoveu sua palestra com maestria enfocando os temas de abrangência, observando a legislação e os dados de importância ao tema.

Conforme o secretário de Meio Ambiente, Justo Marques, a Conferência Municipal é muito importante para que Arapongas trace metas objetivas e apresente reivindicações e sugestões, que aprimorem a política ambiental do município de acordo com o Ministério do Meio Ambiente, que está mobilizando o País para a realização da IV Conferência Nacional do Meio Ambiente, que será realizada em meados de outubro próximo, na capital Federal.
 
Ainda conforme o secretário, a quarta edição da Conferência Nacional tem o desafio de contribuir para a implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos, com foco em Produção e Consumo Sustentáveis; Redução dos Impactos Ambientais; Geração de Trabalho Emprego e Renda e Educação Ambiental. “Assim como na Conferência Nacional, a Conferência Municipal também faz um convite para que a sociedade se engaje no processo de democracia participativa, para melhorias no setor de meio ambiente”, acrescentou o secretário. Ao final foram eleitos os delegados, em números: 25 da sociedade civil, 15 do setor empresarial e 10 de órgãos públicos, que participarão da Conferência Regional em Londrina, dia 25 de julho.
 
O prefeito Padre Beffa também destacou a importância do evento, na elaboração de planos e ações que preservem as riquezas naturais do município, lembrando que o grande número de nascentes existentes no território de Arapongas, faz dela uma região estratégica com relação aos recursos hídricos. “Não é por menos que Arapongas é conhecida como o Berço das Águas e por isso a importância do envolvimento de todos nesta Conferência Municipal do Meio Ambiente, para a preservação desta importante riqueza natural e também para tratar dos demais temas que fazem parte do eixo de discussões em nível Federal, que também são muito importantes”, disse o prefeito.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios