Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Confira pesquisa completa do Cuponation para saber mais sobre a poluição mundial

A poluição é atualmente um dos maiores problemas do mundo, prejudicando não somente a população como também o meio-ambiente sem ao menos pedir licença. Com esse dilema enraizado na sociedade, o Cuponation, plataforma de descontos online e integrante da alemã Global Savings Group, fez uma pesquisa para unir dados sobre a poluição no Brasil e no mundo.

A Numbeo,  plataforma que funciona como um banco de dados globais, realizou neste ano uma pesquisa com  109 países para saber qual destes tem os quatro elementos (terra, ar, água e fogo) com maior grau de poluição, e concluiu que o Brasil está em 65º no ranking, com 56.10%.

Em primeiro e segundo lugar desta lista ficam Mongólia e Myanmar, que possuem poluição equivalente à 93.20% e 93.08%, respectivamente, e divergem em grande escala ao serem comparadas com as nações que ficaram em penúltimo e último: Islândia, com 15.65% de contaminação, e Finlândia, com 11.57%. Veja a tabela completa no infográfico interativo.

Apesar de o Brasil não estar na lista dos dez primeiros mais poluídos, a situação não é tão tranquila assim. De acordo com o Ministério da Saúde, as mortes causadas pela poluição do ar aumentaram cerca de 14% em todo o país em dez anos, passando de 38.782 mortes em 2006 para 44.228 em 2016.

No entanto, isso não significa que a população não esteja preocupada com a condição do país. O estudo global Earth Day 2019, feito com mil pessoas e sucedido pela empresa Ipsos, apontou que a poluição de água é a uma das primeiras preocupações dos brasileiros, com 44% das respostas, seguida de como lidar com os resíduos produzidos (36%) e o aquecimento global (29%).

Giovanna Rebelatto/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.