Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Ncom/PML

A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) lançou nesta quinta-feira (21) o edital de credenciamento das empresas que querem contribuir com a reciclagem de óleo vegetal na cidade. Inicialmente, o projeto, que recolherá óleo de cozinha, será executado junto com o programa Cesta Verde, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento. 

Cada pessoa, ao dar o destino correto ao óleo, nos locais onde também acontece o programa Cesta Verde, receberá em troca um determinado derivado, podendo ser um sabão ou detergente. Caberá a empresa, credenciada junto à CMTU, proceder com a destinação correta do produto. 

Não foi estipulado um número limite de empresas que podem se credenciar. De acordo com o presidente da CMTU, André Nadai, o edital ficará aberto durante os próximos 30 dias. “Quanto mais empresas participarem, melhor. Desta forma, podemos pensar em outros mecanismos para avançar neste processo. Se, por exemplo, quatro empresas estiverem interessadas, poderemos expandir além do Cesta Verde e espalhar para a cidade inteira” explicou. 

Para Nadai, o recolhimento do óleo vegetal evitará a poluição em rios, lagos e outros mananciais. “É um projeto simples e sem custos que vai melhorar a qualidade de vida dos londrinenses. Muitas pessoas não sabem o que fazer com óleo vegetal depois de usado em frituras e, infelizmente, despejam em pias, quintais ou colocam em vidros, descartando junto com o lixo orgânico”, disse.  

A legislação ambiental determina que é responsabilidade do gerador dar o descarte correto aos resíduos. Ou seja, o óleo de fritura é responsabilidade de quem o utiliza. “É mais uma iniciativa que comprova que estamos ao lado dos londrinenses. A nossa cidade é pioneira, nacionalmente, no envolvimento da população na coleta seletiva, na criação da Central de Logística Reversa, entre outras ações. Estamos andando na frente e investindo em conscientização e educação”, completou Nadai.

Nadai enalteceu a administração pela preocupação que tem tido desde o inicio com o gerenciamento de resíduos e o meio ambiente em geral. O presidente da CMTU ressaltou que podem participar, do processo licitatório, interessados de todo o Brasil e pontuou que eles participarão inicialmente do projeto Cesta Verde, mas poderão expandir o programa e ter vários postos de entrega fazendo parcerias com igrejas, supermercados e outras entidades e comércios. 

O prefeito Barbosa Neto elogiou o projeto, afirmando que é uma grande ajuda para o meio ambiente. Ele apontou que o óleo de frituras acaba indo para a pia, que passa na tubulação, muitas vezes, parando no esgoto e provocando muitos danos ambientais para a cidade. Ele incentivou as empresas a participar do projeto, classificado por ele como uma grande ação ambiental e social que vai gerar renda, melhorar o ambiente e criar uma grande teia de solidariedade entre as pessoas beneficiando Londrina.
 
O edital de credenciamento completo pode ser acessado através do sitewww.cmtuld.com.br

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios